World Surf League, divulga seus wild-cards para o WSL Championship Tour 2022 e 2023

Publicado por AdrenaNews 0

Nesta terça-feira, a World Surf League anunciou quais os surfistas que participarão do WSL Championship Tour 2022 e 2023, como convidados. Gabriel Medina, Caroline Marks, Sally Fitzgibbons e Yago Dora.

Caroline Marks em ação. Foto: Matt Dunbar – WSL

A australiana Sally Fitzgibbons, que foi cortada da elite em Margaret River, foi uma das escolhidas para a primeira metade da temporada 2023.

Sally Fitzgibbons em ação. Foto: Matt Dunbar – WSL

O brasileiro Yago Dora, que se contundiu no ano passado e ainda não voltou a competir, foi o outro escolhido para a primeira metade da temporada 2023.

Yago Dora em ação. Foto: Matt Dunbar – WSL

Já o tricampeão mundial Gabriel Medina e a norte-americana Caroline Marks, foram agraciados com wildcards para participar do restante desta temporada de 2022 e da primeira metade da temporada 2023.

Gabriel Medina em ação. Foto: Pat Nolan – WSL

As Próximas etapas serão:

6.a: Mai 28-06 Jun: Quiksilver / ROXY Pro G-Land na Indonésia
7.a: Jun 12-20: Surf City El Salvador Pro apresentado pela Corona
8.a: Jun 23-30: Oi Rio Pro apresentado pela Corona em Saquarema, Brasil
9.a: Jul 12-21: Corona Open J-Bay em Jeffreys Bay, África do Sul
10.a: Ago 11-21: Tahiti Pro em Teahupo´o, Taiti

Os top-5 do masculino e as top-5 do feminino disputam os títulos mundiais:

Set 08-16: Rip Curl WSL Finals em Lower Trestles, Califórnia, Estados Unidos

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE: Estabelecida em 1976, a World Surf League (WSL) é a casa do melhor surf do mundo. Uma empresa global de esportes, mídia e entretenimento, a WSL supervisiona circuitos e competições internacionais, tem uma divisão de estúdios de mídia que cria mais de 500 horas de conteúdo ao vivo e sob demanda, por meio da afiliada WaveCo, empresa que criou a melhor onda artificial de alto desempenho do mundo.

Com sede em Santa Monica, Califórnia, a WSL possui escritórios regionais na América do Norte, América Latina, Ásia-Pacífico e EMEA. A WSL coroa anualmente os campeões mundiais de surf profissional masculino e feminino. A divisão global de Circuitos supervisiona e opera mais de 180 competições globais a cada ano do Championship Tour e dos níveis de desenvolvimento, como o Challenger Series, Qualifying Series e Junior Series, bem como os circuitos de Longboard e Big Wave.

Lançado em 2019, o WSL Studios é um produtor independente de projetos de televisão sem roteiros, incluindo documentários e séries, que fornecem acesso sem precedentes a atletas, eventos e locais globalmente. Os eventos e o conteúdo da WSL, são distribuídos na televisão linear para mais de 743 milhões de lares no mundo inteiro e em plataformas de mídia digital e social, incluindo o WorldSurfLeague.com. A afiliada WaveCo inclui as instalações do Surf Ranch Lemoore e a utilização e licenciamento do Kelly Slater Wave System. A WSL é dedicada a mudar o mundo por meio do poder inspirador do surfe, criando eventos, experiências e histórias autênticas, afim de motivar a sempre crescente comunidade global para viver com propósito, originalidade e entusiasmo.

Mais informações sobre o surfe mundial no www.worldsurfleague.com e notícias em português no www.wsllatinamerica.com 

Reportagem: João Carvalho – World Surf League

Edição Textos e Imagens: Edson “Adrena” Andrade

Tenha lindas artes exclusivas
mag72