World Street Skateboarding Rome 2022 – Vai começar a corrida olímpica para Paris 2024.

Publicado por AdrenaNews 0

Após a conquista de três medalhas nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, o skate brasileiro inicia a corrida classificatória para Paris 2024.

Rayssa Leal em ação. Foto: Julio Detefon

O 1º evento do ciclo será o World Street Skateboarding Rome 2022 na cidade de Roma, na Itália. A competição, exclusiva para o Street, acontece de 26 de junho a 3 de julho.

Kelvin Hoefler em ação. Foto: Julio Detefon

“A gente acredita que essa corrida classificatória será ainda mais difícil, mas seguimos com a meta de classificar o número máximo de 12 brasileiros para Paris. O Mundial de Street em Roma fechou a corrida olímpica para Tóquio e agora mais um evento na Itália abre nossa caminhada para 2024. Seguimos trabalhando muito para oferecer a melhor estrutura aos skatistas brasileiros”, destaca Eduardo Musa, presidente da Confederação Brasileira de Skate (CBSk).

Felipe Gustavo em ação. Foto: Julio Detefon

No total, 17 brasileiros estarão nas disputas. Seguindo os critérios definidos pela World Skate, medalhistas olímpicos e o top 5 do ranking mundial têm vaga assegurada, entrando direto na segunda fase. São os casos de Kelvin Hoefler, Rayssa Leal e Pâmela Rosa – as duas integram a Seleção Brasileira.

Pâmela Rosa em ação. Foto: Julio Detefon

Os skatistas classificados entre o sexto e o 30º lugar do ranking mundial da World Skate também têm vaga no evento, entrando na primeira fase. São os casos de Gabriela Mazetto, Felipe Gustavo, Giovanni Vianna – trio da Seleção Brasileira -, Carlos Ribeiro e Ivan Monteiro.

Gabriela Mazetto em ação. Foto: Julio Detefon

Além disso, cada país ainda tem o direito de indicar mais skatistas, que também entram na primeira fase. Por esse critério, o Brasil terá Marina Gabriela, Kemily Suiara, Gabryel Aguilar, Eduardo Neves, João Lucas Alves – todos indicados pela presença na Seleção Brasileira -, além de Carla Karolina, Wacson Mass, Wilton Souza e Filipe Mota (Seleção Júnior), nomes indicados pela comissão técnica da CBSk com base em critérios técnicos.

Marina Gabriela em ação. Foto: Julio Detefon

A partir de agora, na semifinal e na final do Street, a nota de cada skatista será composta pela somatória de três notas: a volta de maior pontuação e as duas manobras de maior nota. Cada skatista tem direito de realizar duas voltas e cinco tentativas de manobra nessas duas fases da competição. Nas classificatórias e nas quartas de final, cada skatista tem direito a dar duas voltas, valendo como pontuação final a nota da melhor volta.

Eduardo Neves em ação. Foto: Julio Detefon

Ausências: Lucas Rabelo sofreu uma entorse no joelho esquerdo treinando nos Estados Unidos e segue em recuperação. Virginia Fortes Águas sofreu uma lesão no joelho esquerdo na semana anterior ao STU National de Porto Alegre e ainda está em tratamento preliminar. Isabelly Ávila se recupera de lesão no joelho direito e também estará fora das disputas em Roma.

Virginia Fortes Águas em ação. Foto: Julio Detefon

Corrida olímpica: Em 2022, o Brasil será palco dos mundiais de Park e Street, que serão os outros dois eventos da temporada que somam pontos na corrida classificatória para os Jogos de Paris 2024. As competições acontecerão em sequência na Praça Duó, no Rio de Janeiro. Entre os dias 2 e 9 de outubro será a vez do Rio World Skate Park World Championships 2022. E de 9 e 16 de outubro entra em cena o Rio World Skate Street World Championships 2022.

Reportagem: Rafael Miramoto – CBSk

Edição Textos e Imagens: Edson “Adrena” Andrade

Tenha lindas artes exclusivas