Vai começar o World Surf League Championship Tour 2021 e as apostas do WSL CT Fantasy 2021.

Publicado por AdrenaNews 0

Vai começar o World Surf League Championship Tour 2021 e já começou as apostas do WSL CT Fantasy 2021. Cadastre-se e faça as suas apostas.

Pipeline em ação. Foto: Ed Sloane – WSL

É hora de montar o seu time, pois o Maui Pro apresentado pela Roxy começa o prazo nesta sexta-feira 04 de dezembro e do Billabong Pipeline Masters em memória a Andy Irons apresentado pela Hydro Flask  terá o prazo iniciado na terça-feira dia 08 de dezembro.

O WSL CT Fantasy 2021 foi totalmente reformulado:

Além de novos recursos para a próxima temporada, o WSL CT Fantasy agora combina os times masculino e feminino, então registre-se para escolher seus surfistas e entrar na briga pelos títulos de 2021.

– Escolha equipes combinadas: os circuitos masculino e feminino agora estão integrados em um único jogo e você vai escolher os homens e mulheres para cada evento. A estrutura com as duas categorias simplifica a interface do usuário e oferece mais opções de combinação de surfistas aos jogadores, promovendo confrontos cruzados entre as ligas.

– Editar equipes durante o evento: a relação dos surfistas não será mais bloqueada no início dos eventos. Você poderá mudar sua equipe até o final da rodada eliminatória.

– Marque mais pontos com seu surfista “power”: você agora vai escolher para cada evento um homem e uma mulher para serem o “power surfer”. Quem for escolhido, irá computar o dobro dos pontos conquistados. Este recurso permitirá que você ganhe vantagem com um surfista específico, oferecendo maior diferença entre equipes com escalações semelhantes.

Cadastre-se agora e confira os novos recursos:

Os jogadores já podem se registrar agora no fantasy.worldsurfleague.com ou no aplicativo grátis da WSL.

O CAMINHO PARA O WSL FINALS COMEÇA AGORA:

O Billabong Pipeline Masters em memória a Andy Irons apresentado pela Hydro Flask, vai celebrar a sua quinquagésima edição este ano no maior palco do esporte na ilha de Oahu, no Havaí. Depois de quase um ano do último evento do World Surf League Champioship Tour, os melhores surfistas do mundo estão ansiosos para abrir a temporada em uma das ondas mais desafiadoras do planeta, Banzai Pipeline.

Pipeline em ação. Foto: Kelly Cestari – WSL

Os brasileiros vêm se destacando neste lugar mágico do surfe mundial nos últimos anos. Em 2019, o título mundial foi decidido na grande final e o potiguar Italo Ferreira ganhou o seu primeiro troféu de número 1 da World Surf League, impedindo que Gabriel Medina conquistasse um igualmente inédito tricampeonato para o Brasil. Medina fez história ao se tornar o primeiro brasileiro a ser campeão mundial em 2014 e repetiu o título em 2018.

Gabriel Medina em ação. Foto: Ed Sloane – WSL

Os dois prometem lutar etapa por etapa em 2021, mas outros 32 surfistas vão em busca do mesmo objetivo: terminar entre os cinco primeiros no ranking das doze etapas, para decidir o título mundial no WSL Finals, em setembro em Trestles, na Califórnia.

Italo Ferreira em ação. Foto: Kelly Cestari – WSL

Um deles é o onze vezes campeão mundial, Kelly Slater, que vai disputar sua trigésima temporada na elite e adoraria aumentar o seu recorde de sete vitórias em Pipeline. Já o havaiano John John Florence quer o seu primeiro troféu de Pipe Masters para iniciar a busca pelo tricampeonato.

Kelly Slater em ação. Foto: Ed Sloane – WSL

O Billabong Pipeline Masters apresentado pela Hydro Flask é a primeira das doze etapas do CT masculino que serão disputadas até agosto de 2021. Os cinco primeiros colocados no ranking e as cinco melhores do feminino, se classificam para disputar os títulos mundiais da temporada no WSL Finals, em um único dia de competição em estilo play-off nas ondas de alta performance de Lower Trestles, no mês de setembro na Califórnia, Estados Unidos.

“Nós mal podemos esperar pela volta do Championship Tour na próxima semana em Pipeline”, disse Pat O´Connell, vice-presidente sênior de circuitos e eventos da WSL. “Este ano é muito especial para nós, pois será a 50ª. edição do Pipe Masters no North Shore de Oahu, então estamos todos ansiosos. Nós trabalhamos em colaboração com o governo local e as autoridades de saúde pública, e acreditamos fortemente nos protocolos que adotaremos para manter nossos atletas, funcionários e staff local, completamente seguros”.

BATERIAS DO PRIMEIRO ROUND MASCULINO:

1 – Kanoa Igarashi (JAP) x Conner Coffin (EUA) x Connor O’Leary (AUS)

2 – Kolohe Andino (EUA) x Adrian Buchan (AUS) x Deivid Silva (BRA)

3 – Filipe Toledo (BRA) x Peterson Crisanto (BRA) x Morgan Cibilic (AUS)

4 – Jordy Smith (AFS) x Yago Dora (BRA) x Fioravanti (ITA) ou Mikey Wright (AUS)

5 – Gabriel Medina (BRA) x Frederico Morais (POR) x trialista

6 – Italo Ferreira (BRA) x Jadson André (BRA) x trialista

7 – John John Florence (HAV) x Wade Carmichael (AUS) x Ethan Ewing (AUS)

8 – Kelly Slater (EUA) x Caio Ibelli (BRA) x Miguel Pupo (BRA)

9 – Owen Wright (AUS) x Griffin Colapinto (EUA) x Alex Ribeiro (BRA)

10 – Jeremy Flores (FRA) x Ryan Callinan (AUS) x Jack Robinson (AUS)

11 – Julian Wilson (AUS) x Jack Freestone (AUS) x Matthew McGillivray (AFS)

12 – Seth Moniz (HAV) x Michel Bourez (FRA) x Adriano de Souza (BRA)

FEMININO – O Maui Pro apresentado pela Roxy em Honolua Bay terá o inicio do seu prazo na sexta-feira, 4 de dezembro. Após o cancelamento do CT do ano passado devido à pandemia de COVID-19, depois de meses de antecipação para surfistas e fãs finalmente chegarão ao clímax com Stephanie Gilmore, Carissa Moore e Caroline Marks batalhando com uma série de outras concorrentes importantes em um dos picos de surf mais épicos do Havaí, a impecável, mas sempre desafiadora Baía de Honolua.

Honolua Bay em ação. Foto: Kelly Cestari – WSL

O que será decidido durante os próximos nove meses de competições emocionantes, se Stephanie Gilmore da Austrália garantirá seu oitavo título da WSL, a maior quantidade entre todas as mulheres e a apenas três dos onze campeonatos mundiais de Kelly Slater.

Stephanie Gilmore em ação. Foto: Ed Sloane – WSL

“Não poderíamos estar mais animados para começar a temporada do Tour do Campeonato em Maui na próxima semana”, disse Jessi Miley-Dyer, Vice-Presidente da WSL, Tours e Competição. “Perdemos o Tour do Campeonato e será especial recebê-lo de volta os melhores surfistas do mundo para Honolua Bay. Planejamos realizar a competição em um ambiente seguro e responsável, graças ao planejamento cuidadoso e aos procedimentos desenvolvidos com nossas equipes em colaboração com autoridades de saúde pública, especialistas médicos e agências governamentais locais. ”.

BATERIAS DO PRIMEIRO ROUND FEMININO:

01-  Lakey Paterson – USA x Nikki Van Dijk x AUS , Keely Andrew – AUS

02-  Caroline Marks – USA x Isabella Nichols – AUS x Tyler Wright – AUS

03- Carissa Moore – HAW x Bronte Macaulay – AUS x Bettylou Sakura Jonhoson – HAW

04- Stephanie Gilmore – AUS x Malia Manuel – HAW x Macy Callaghan – AUS

05-  Sally Fitzgibbons – AUS x Johanne Defay – FRA x Brisa Hennessy – COS

06- Tatiana West Webb – BRA x Courtney Conlogue – USA  x Sage Erickson – USA

Calendário do WSL World Championships 2021:

Maui Pro apresentado pela Roxy 2020 – De 04 a 15 de dezembro em Honolua Bay

Billabong Pipeline Masters apresentado pela Hydro Flask 2020 – De 08 a 20 de dezembro em Pipeline

PRÓXIMAS ETAPAS PREVISTAS:

Sunset Open: 19 a 28 de janeiro
Santa Cruz Pro: 2 a 12 de fevereiro
Pro Portugal: sem data definida
Pro Bells Beach: 1 a 11 de abril
Margaret River Pro: 16 a 26 de abril
Open Gold Coast: 3 a 13 de maio
Pro G-Land: sem data definida
Rio Pro: 11 a 20 de junho
Open J-Bay: 25 de junho a 9 de julho
Surf Ranch Pro: 12 a 15 de agosto
Tahiti Pro: 23 de agosto a 2 de setembro
The WSL Finals – Trestles, Califórnia: 8 a 17 de setembro

TRANSMISSÕES – O Billabong Pipeline Masters em homenagem a Andy Irons apresentado pela Hydro Flask começa no dia 8 de dezembro e tem prazo até o dia 20 para ser encerrado em Pipeline. A etapa de abertura do World Surf League Championship Tour 2021 será transmitida ao vivo pelo WorldSurfLeague.com, pelo aplicativo grátis da WSL e pelo canal de esportes ESPN no Brasil.

Já 0 Maui Pro apresentado pela ROXY começa no dia 4 de dezembro a abertura do prazo e vai até 15 de dezembro de 2020. A competição será transmitida AO VIVO no WorldSurfLeague.com e no aplicativo gratuito da WSL. Além disso, verifique as listas locais para cobertura dos parceiros de transmissão da WSL. A competição será realizada localmente no Havaí pelo Spectrum Surf Channel.

COVID-19 – A World Surf League trabalhou intensamente em colaboração com as autoridades estaduais e municipais para realizar o Pipe Masters como uma produção de filme para a transmissão ao vivo do evento, sem presença de público na praia. Será seguido um protocolo rígido de segurança para evitar o contágio do Covid-19, que inclui testes múltiplos nos atletas, seus acompanhantes e funcionários com pessoal mínimo necessário no local dos eventos, além de medidas de distanciamento físico, verificações de temperatura e desinfecção frequente nas áreas comuns.

Esses mesmos protocolos valem para toda a equipe de filmagem no Havaí e foram desenvolvidos usando as melhores práticas e diretrizes da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Centro de Controle para Prevenção de Doenças (CDC), juntamente com especialistas médicos. Além disso, não haverá atividades para o público no Ehukai Beach Park, sem presença de espectadores durante os quatro dias de competição, conforme as diretrizes estabelecidas pela cidade de Honolulu.

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE: Estabelecida em 1976, a World Surf League (WSL) é a casa do melhor surf do mundo. Uma empresa global de esportes, mídia e entretenimento, a WSL supervisiona circuitos e competições internacionais, tem uma divisão de estúdios de mídia que cria mais de 500 horas de conteúdo ao vivo e sob demanda, por meio da afiliada WaveCo, empresa que criou a melhor onda artificial de alto desempenho do mundo. Com sede em Santa Monica, Califórnia, a WSL possui escritórios regionais na América do Norte, América Latina, Ásia-Pacífico e EMEA.

A WSL coroa anualmente os campeões mundiais de surf profissional masculino e feminino. A divisão global de Circuitos supervisiona e opera mais de 180 competições globais a cada ano do Championship Tour e dos níveis de desenvolvimento, como o Challenger Series, Qualifying Series e Junior Series, bem como os circuitos de Longboard e Big Wave.

Lançado em 2019, o WSL Studios é um produtor independente de projetos de televisão sem roteiros, incluindo documentários e séries, que fornecem acesso sem precedentes a atletas, eventos e locais globalmente. Os eventos e o conteúdo da WSL, são distribuídos na televisão linear para mais de 743 milhões de lares no mundo inteiro e em plataformas de mídia digital e social, incluindo o WorldSurfLeague.com.

A afiliada WaveCo inclui as instalações do Surf Ranch Lemoore e a utilização e licenciamento do Kelly Slater Wave System. A WSL é dedicada a mudar o mundo por meio do poder inspirador do surfe, criando eventos, experiências e histórias autênticas, afim de motivar a sempre crescente comunidade global para viver com propósito, originalidade e entusiasmo. Para mais informações, visite WorldSurfLeague.com

Mais informações sobre eventos regionais – incluindo o CS, QS, Big Wave, Longboard, Pro Junior – estão disponibilizados nas páginas de eventos regionais no WorldSurfLeague.com.

Para obter mais informações, visite: worldsurfleague.com

Reportagem: João Carvalho e Chloe Kojima – World Surf League

Edição: Edson “Adrena” Andrade

Tenha lindas artes exclusivas
mag72