Surf Trip apresenta CBSurf Pro Tour 2020 – Silvana, Wiggolly e Ian, são algumas das atrações a partir desta terça-feira em Ubatuba.

Publicado por AdrenaNews 203 views0

Com previsão de boas ondas, o Surf Trip apresenta CBSurf Pro Tour 2020 começa nesta terça-feira (27), na Praia Grande, em Ubatuba. A categoria feminina abre as disputas e deve definir a vencedora logo no primeiro dia. A cearense Silvana Lima, que está classificada para competir na estreia do surf nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no próximo ano, é uma das grande atrações.

Silvana Lima em ação. Foto: Ben Reed – ISA

Classificada para os Jogos Olímpicos de Tóquio, duas vezes vice-campeã mundial de surf e medalha prata na última edição do ISA World Surfing Games, no Japão, é uma das grandes atrações. A primeira bateria está programada para entrar no mar às 8 horas e a finalíssima, às 13h55, mas a organização ressalta que o cronograma pode sofrer alterações diante das condições do mar.

Mais um grande nome que já representou o Brasil na elite do surf mundial é destaque confirmado em Ubatuba, litoral paulista. Wiggolly Dantas compete “em casa” e mostra animação na retomada dos campeonatos oficiais no País. As disputas estão confirmadas de terça-feira a quinta-feira (27 a 29), na Praia Grande, marca o retorno das disputas oficiais.

Wiggolly Dantas em ação. Foto: Daniel Smorigo

Guigui, como é bem conhecido, está feliz em competir em sua cidade. “A expectativa é muito boa em colocar novamente a lycra de competição, ainda mais no quintal de casa. Estou bem focado, treinando bastante, me preparando para ir para o Havaí, e estou amarradão de ter um evento grande aqui”, diz o atleta.

No início deste ano Wiggolly Dantas vinha num ritmo fantástico. Venceu o Volcom Pipe Pro, nas emblemáticas ondas de Pipeline, no Havaí, e depois foi semifinalista no Hang Loose Pro Contest, em Fernando de Noronha, abrindo caminho para o seu retorno ao Championship Tour (CT). Mas veio a pandemia do Coronavírus e tudo parou.

Wiggolly Dantas e Wesley Dantas. Foto: Fábio Maradei

Agora, com o retorno das disputas, ele espera recuperar seu bom momento. Já mostrou isso com a vitória no Surf Treino Itamambuca, que sua família realizou para movimentar os atletas em setembro. “Vai ser um campeonato de alto nível, muita gente boa”, elogia Guigui, lembrando que a família também estará bem representada com seus irmão, Wesley Dantas, que já foi campeão mundial júnior, pela International Surfing Association (ISA), e Suelen Naraísa, sem dúvida, uma das mais experientes na categoria feminina.

Vale lembrar que Wiggolly tem uma longa história com a Confederação Brasileira de Surf, com três títulos nacionais em sua trajetória como amador. Foi campeão sub14 em 2003, depois sub16 em 2005 e open no ano seguinte. Na elite mundial, o surfista de 30 anos competiu de 2015 a 2017, com os dois importantes resultados, ocupava a sexta posição, o melhor brasileiro, provisoriamente classificado para retornar ao Championship Tour (CT).

A atleta de Paracuru comemora a oportunidade de competir novamente. Sem disputas no Mundial até o final do ano, ela já adianta que o objetivo será o CBSurf Pro Tour. “Quem bom que o Brasileiro está voltando. Uma coisa que gosto é competir. Ubatuba é demais, a energia é incrível. Nunca competi na Praia Grande, mas todo mundo fala que dá altas ondas e estou super animada’, afirma. “É bom sentir aquela adrenalina, o friozinho na barriga, rever as meninas, compartilhar um pouco de profissionalismo”, reforça.

Silvana Lima. Foto: Pablo Jimenez – ISA

A categoria feminina está programada para competir logo no primeiro dia da etapa, na terça-feira, e Silvana terá uma semana agitada. Na quinta-feira, ela completa 36 anos e participará da homenagem em sua terra natal. “O Dia Municipal do Surf é no dia do meu aniversário. Ano passado foi a primeira vez. Estou muito feliz por ser homenageada na minha Cidade. Vai ser incrível”, reconhece.

Para ela, as disputas do CBSurf Pro Tour também servirão como treinamento para a sua participação nos Jogos Olímpicos de Tóquio, no próximo ano. “A preparação tem de ser todos os dias, só pensando na parte positiva para trazer uma medalha para o Brasil. Durante a pandemia está bem complicado, porque não pode viajar muito, mas estou fazendo a minha preparação física na Casa Coluna, que é incrível e estou vendo a evolução dentro e fora d’água. Fico muito feliz. E tem também o apoio do COB (Comitê Olímpico do Brasil), que faz a diferença”, conta.

Silvana estreia na competição ainda no round 1, na quarta bateria, enfrentando dois talentos locais, Açucena Vaz e Luana Coutinho e a catarinense Nathalie Plachi. A cearense Larissa dos Santos, campeã da edição de estreia do CBSurf Pro Tour, em 2018, e a paulista Júlia Santos, atual dona do título do Circuito, também estão confirmadas e escaladas na mesma bateria no segundo round. Sophia Medina, irmã do bicampeão mundial Gabriel Medina e campeã brasileira sub16, é outro talento confirmado.

Além de Silvana e Wiggolly, o evento contará com outras estrelas brasileiras que já figuraram no Championship Tour (CT). Entre eles, Ian Gouveia, filho do ícone Fábio Gouveia, que pretende aproveitar a folga no calendário do Circuito Mundial para se dedicar ao título do CBSurf Pro Tour.

Ian Gouveia e Fábio Gouveia. Foto: Fábio Maradei

“Estou feliz de ter a oportunidade de competir de novo, desde o começo da pandemia. É o primeiro evento válido como competição e, com certeza, penso em título. Nunca disputei o título brasileiro, porque sempre estava me dedicando ao mundial e vai ser muito bom focar aqui no Brasil”, fala Ian.

Ian Gouveia em ação. Foto: Daniel Smorigo

No total, serão três dias de disputas, com as baterias transmitidas ao vivo pelo site da Federação Paulista de Surf, o www.fpsurf.com.br. Durante o evento, os atletas deverão seguir, rigorosamente, os protocolos de segurança divulgados antes do ato de inscrição, como a obrigatoriedade do uso de máscaras e o distanciamento social nas áreas próximas ao palanque, sob pena de desclassificação, em caso de não cumprimento das medidas definidas.

“Para Ubatuba, que tem total identidade com o surf, é uma honra receber a retomada do CBSurf Pro Tour. Estamos tomando todos os cuidados possíveis, com protocolos de segurança para atletas e participantes do evento e esperamos que a etapa seja, novamente, um grande sucesso”, diz o secretário de esportes de Ubatuba, Alberto Jacob, lembrando que a etapa será realizada na mesma praia onde foi inaugurada, recentemente, a segunda sede da escolinha municipal de surf.

A etapa também será marcada pela valorização às ações em prol da sustentabilidade e respeito ao meio ambiente, com as camisas de competição – usadas para identificar os atletas no mar – feitas com tecido desenvolvido a partir da reciclagem de garrafas pet, que são reduzidas a fios para a produção do tecido. A iniciativa é da Silverbay, em parceria com a Coltex, com o objetivo de minimizar o impacto ambiental gerado por seus produtos, usando matérias primas mais conscientes para o planeta.

Com patrocínios de Silverbay e de The Surf Club SCCP, a etapa marca a retomada das competições oficiais, reunindo 144 surfistas de 12 estados, 32 no feminino e 112 no masculino. O Surf Trip apresenta CBSurf Pro Tour 2020 terá uma premiação de R$ 80 mil, dividida igualmente entre as duas categorias. Os dois vencedores levam para casa R$ 12 mil cada um.

Diante da pandemia do Covid-19, o evento contará com um protocolo de segurança, desenvolvido pela Federação Paulista de Surf, em conjunto com a CBSurf e aprovado pelo Comitê de Crise do Coronavírus da Prefeitura. Entre as medidas está a realização da competição em dias de semana, evitando assim possíveis aglomerações na praia.

Os atletas deverão seguir, rigorosamente, os protocolos de segurança divulgados antes do ato de inscrição, como a obrigatoriedade do uso de máscaras e o distanciamento social nas áreas próximas ao palanque, sob pena de desclassificação do evento, em caso de não cumprimento das medidas definidas.

As baterias estão disponíveis no link cbsurf.org.br/baterias-e-cronograma-do-cbsurf-pro-tour-em-ubatuba/. Todas as disputas serão transmitidas ao vivo pelo site da Federação Paulista de Surf, o www.fpsurf.com.br, com imagens das ondas surfadas, notas dos juízes e a mesma locução que os atletas estarão ouvindo. Há, ainda, a possibilidade de interação com o evento, por mensagens de texto.

O Surf Trip apresenta CBSurf Pro Tour 2020 tem os patrocínios de Silverbay e de The Surf Club SCCP, com apoios de ST Blanks, Super Tubes, KYW, Surf Trip, Surf/Skate Magazine e Departamento de Esportes Radicais do Corinthians. Colaboração da Prefeitura de Ubatuba, através da Secretaria Municipal de Esportes. Realização: Federação Paulista de Surf, Associação Ubatuba de Surf (AUS) e Confederação Brasileira de Surf.

Reportagem: Fabio Maradei – FMA

Edição: Edson “Adrena” Andrade

Tenha lindas artes exclusivas
mag72