STU National 2021 – Competição abre o calendário nacional e valerá pontos para a corrida olímpica.

Publicado por AdrenaNews 257 views0

Criciúma recebe de 21 a 24 de janeiro o STU National 2021, competição que abre o calendário nacional e valerá pontos preciosos para uma vaga olímpica nas modalidades, Street e Park.

Luiz Francisco em ação. Foto: Tauana Sofia

O mais novo e um dos mais modernos skateparks do Brasil, localizado na cidade de Criciúma/SC, receberá dos dias 21 a 24 de janeiro os principais nomes do skate brasileiro e mundial, nas modalidades olímpicas Street e Park, seguindo um rígido protocolo de segurança sanitária para a disputa do STU National.

Vista Aérea da Pista de Criciúma. Foto: Guilherme Abe

A competição é responsável por abrir o calendário e o Ranking Brasileiro de skate no ano de preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio em 2021. Chancelado pela Confederação Brasileira de Skate (CBSk), entidade máxima do esporte no Brasil, e pela World Skate (WS), entidade máxima do skate a nível mundial, o STU National será também válido para o ranqueamento dos skatistas brasileiros na segunda janela de pontuação da corrida olímpica e contará com transmissão ao vivo para todo o Brasil na TV Globo, no programa dominical Esporte Espetacular, e também do Sportv.

Atletas brasileiros reconhecidos mundialmente como Pedro Barros, Murilo Peres, Luiz Francisco, Dora Varela, Yndiara Asp, Felipe Gustavo e Rayssa Leal, a “fadinha”, são alguns dos atletas brasileiros que ocupam hoje as primeiras posições do ranking mundial e estão confirmados na competição.

Rayssa Leal em ação. Foto: Pablo Vaz

“É muito gratificante para a CBSk começar o ano com o retorno do Circuito Brasileiro, ainda mais valendo pontos para a corrida olímpica. Santa Catarina é um dos grandes centros do skate nacional e Criciúma tem um dos melhores complexos de skate do Brasil. É a certeza de um evento de altíssimo nível e extremamente importante nessa preparação para a estreia do skateboard nos Jogos Olímpicos”, diz Eduardo Musa, presidente da CBSk.

Para a realização do evento, será utilizado o Protocolo STU Covid Free, desenvolvido pelo Dr. Carlos Wahle, coordenador médico da Plataforma STU, e que já foi aplicado com sucesso na etapa de São Paulo (dezembro/2020). O protocolo segue todas as diretrizes municipais, estaduais e da Organização Mundial da Saúde (OMS), frente ao combate da pandemia da Covid-19, e prevê a realização das competições no cenário de restrição máxima. Isto é, em uma área totalmente isolada, sem a presença de público espectador e somente com a participação dos skatistas competidores e o mínimo de staff necessário para a operação do evento.

Além disso, outras medidas preventivas são adotadas, como a testagem em massa de todos os integrantes do evento (competidores, staff etc), em um processo de triagem a ser realizado no primeiro dia de treinos; sanitização completa de todas as áreas de circulação de pessoas; aferição de temperatura em diferentes ambientes; uso de EPI’s obrigatórios por todos os profissionais; e o distanciamento mínimo obrigatório de todos os participantes.

A competição contribui não somente para a retomada do skate nacional e da preparação olímpica, mas também para a retomada das atividades econômicas no município de Criciúma, através da ocupação da rede hoteleira, setor de serviços, comércio em geral, dentre outros segmentos, seguindo os protocolos sanitários vigentes, como incremento econômico em um momento de dificuldades para muitas regiões do país. O evento que nos últimos 3 anos foi realizado em Florianópolis, será realizado em Criciúma em função da nova estrutura de pistas inaugurada na cidade. Um dos complexos de skate mais modernos do país.

“Para o STU é muito gratificante abrir o ano já com uma competição de nível nacional e olímpico, reunindo os principais nomes do skate das duas modalidades. Ainda mais depois de um ano tão desafiador. O evento vai seguir todos os protocolos sanitários necessários, a fim de garantir uma competição segura para todos. Vale lembrar que em dezembro já iniciamos a aplicação do Protocolo STU Covid Free na etapa do STU de São Paulo e a competição aconteceu com sucesso”, comenta Eduardo Quintes, Gestor Executivo da Plataforma STU.

Lista de atletas brasileiros do ranking olímpico já confirmados no STU National (incluindo posição atual no ranking olímpico):

Park Masculino:

Luiz Francisco (2º colocado)
Pedro Barros (4º colocado)
Pedro Quintas (6º colocado)
Matheus Hiroshi (13º colocado)
Murilo Peres (16º colocado)
Hericles Fagundes (24º colocado)
Pedro Carvalho (28º colocado)
Luigi Cini (29º colocado)
Matheus Mello (31º colocado)
Felipe Caltabiano (38º colocado)
Vinicius Barbosa (42º colocado)
Augusto Akio (61º colocado)
Italo Penarrubia (62º colocado)
Hugo Montezuma (63º colocado)
Micael dos Passos (65º colocado)

Park Feminino:

Dora Varela (6ª colocada)
Isadora Pacheco (10ª colocada)
Yndiara Asp (13ª colocada)
Victoria Bassi (21ª colocada)
Leticia Gonçalves (22ª colocada)
Camila Borges (32ª colocada)
Erica Leguizamon (62ª colocada)
Emily Antunes (64ª colocada)
Ana Júlia Theodoro (65ª colocada)
Luana Iamamoto (66ª colocada)

Street Masculino:

Lucas Rabelo (19º colocado)
Felipe Gustavo (21º colocado)
Lehi Leite (90º colocado)
Rogerio Rodrigo Lopes (94º colocado)
Danilo do Rosário (106º colocado)
Lucas Carvalho (110º colocado)
Patrick Mazzuchini (116º colocado)
Gabriel Fortunato (133º colocado)
Luiz Neto (149º colocado)
Yuri Facchini (168º colocado)
Paulo Corrêa Ventura (179º colocado)
João Lucas Alves (199º colocado)
Gabryel Aguilar (204º colocado)
Marcelo Batista (213º colocado)
Elton Melonio (215º colocado)

Street Feminino:

Rayssa Leal (2ª colocada)
Gabriela Mazetto (8ª colocada)
Virginia Fortes Aguas (10ª colocada)
Isabelly Ávila da Silva (16ª colocada)
Isabelle Menezes (23ª colocada)
Karen Feitosa de Barros (26ª colocada)
Ariadne Souza Silveira (27ª colocada)
Marina Gabriela Pinto (28ª colocada)
Jessica Hoefler (61ª colocada)
Giovana Dias (67ª colocada)
Rafaela Murbach (73ª colocada)
Karolene Lima (95ª colocada)

O Protocolo STU Covid Free a ser aplicado para o STU National prevê:

Restrição Máxima (acesso somente de skatistas competidores)
Testagem em massa de toda a população do evento
Sanitização do Ambiente
Uso de máscara e outros EPI’s obrigatório
Aferição de Temperatura
Distanciamento Mínimo

O STU National 2021 conta com os apoios: Prefeitura Municipal Criciúma, Drop Dead, New Era, Confederação Brasileira de Skate (CBSk) e World Skate.

Reportagem: Gabriela Murad – Media Guide

Edição: Edson “Adrena” Andrade

Tenha lindas artes exclusivas
mag72