Saquarema Surf Festival – Quinta-feira decisiva para o Longboard – Assistam ao vídeo!

Publicado por AdrenaNews 0

Nesta quinta-feira foram definidos os títulos sul-americanos de longboard no Saquarema Surf Festival com Chloe Calmon e Rodrigo Sphaier sagrando-se campeões. Acessem ao link, com o vídeo dos melhores momentos!

Chloe Calmon em ação. Foto: Tony D´Andrea – 213 Sports

O evento está sendo transmitido ao vivo no www.worldsurfleague.com

Os primeiros títulos sul-americanos da WSL Latin America deste ano, foram decididos nesta quinta-feira no Saquarema Surf Festival em memória a Leo Neves, apresentado pela Prefeitura de Saquarema. E começou com Chloe Calmon, conquistando o bicampeonato consecutivo, com a vitória sobre a peruana Maria Fernanda Reyes na primeira decisão do dia.

Maria Fernanda Reyes e Chloe Calmon, com seus troféus. Foto: Thiago Diz – 213 Sports

Já o terceiro título do Rodrigo Sphaier foi garantido nas semifinais, quando Jeferson Silva perdeu para Tony Silvagni. O norte-americano depois carimbou a faixa do campeão na final, levando o troféu do primeiro lugar no Saquarema Surf Festival Longboard Pro.

Rodrigo Sphaier em ação. Foto: Tony D´Andrea – 213 Sports

“Eu não sei nem o que dizer, mas eu estava me sentindo muito bem, porque é muito legal competir em casa, ainda mais aqui no Rio, vendo toda a torcida aqui, depois de muito tempo sem eventos”, disse Chloe Calmon. “A praia estava lotada e eu ouvia a energia da galera a cada onda. Poder sair da água e ser recebida pelos meus amigos, minha mãe, é muito legal. Fico muito feliz de ter Longboard num evento desse e acho que foi uma excelente oportunidade pros novos talentos, que estão chegando aí firmes e fortes”.

Chloe Calmon comemorando seus títulos. Foto: Tony D´Andrea – 213 Sports

A nova bicampeã sul-americana não deu chances para as três adversárias que enfrentou na tarde da quinta-feira de ondas menores, mas com as direitas e esquerdas da Praia de Itaúna apresentando boa formação tanto para os pranchões, como para as pranchinhas dos surfistas que abriram o dia, competindo nas etapas do WSL Qualifying Series do Saquarema Surf Festival em memória a Leo Neves. Nas quartas de final, Chloe Calmon já mostrou toda a sua classe e elegância, para derrotar Ayllar Cinti por 14,17 a 5,33 pontos, somando notas 7,50 e 6,67.

Nas semifinais Chloe Calmon deu outro show, escolhendo boas ondas para desfilar no pranchão, indo e voltando até o bico para fazer as manobras mais tradicionais do longboard, o hang ten e o hang five. Nessa bateria contra Evelin Neves, aumentou seus próprios recordes de nota para 8,33 e de pontos para 15,00. Até descartou uma nota 6,50, que nenhuma outra competidora conseguiu na quinta-feira. Na grande final com a peruana Maria Fernanda Reyes, venceu o Saquarema Surf Festival Longboard Pro computando notas 7,93 e 7,17 no placar de 15,10 a 10,24 pontos.

Evelin Neves em ação. Foto: Tony D´Andrea – 213 Sports

“Eu segui sempre minha estratégia de encontrar boas ondas nas baterias e até parece que estou em Saquarema há um mês já”, disse Chloe Calmon. “Estou aqui há duas semanas, treinando todo dia e é impressionante como em cada dia foi numa condição diferente. Desde 8 pés de onda e vento maral, direitas e esquerdas, maré cheia, maré seca, mas sempre com água muito gelada. Com certeza, todo esse tempo treinando fez a diferença e me senti mais a vontade. Estou muito feliz em ter fechado o ano com chave-de-ouro, com o título sul-americano e obrigado a todos que torceram por mim”.

O primeiro título sul-americano da brilhante carreira da duas vezes vice-campeã mundial, foi conquistado em 2019, derrotando a mesma Maria Fernanda Reyes nas finais das duas etapas realizadas naquele ano no Brasil.

Maria Fernanda Reyes em ação. Foto: Tony D´Andrea – 213 Sports

Já Rodrigo Sphaier, que também foi vice-campeão mundial duas vezes, ganhou seu primeiro título sul-americano 10 anos atrás, em 2011. O segundo veio em 2013 e o terceiro agora, depois de passar pelo seu grande adversário destas conquistas, o peruano Piccolo Clemente.

Piccolo Clemente em ação. Foto: Tony D´Andrea – 213 Sports

O peruano bicampeão mundial tentava um incrível pentacampeonato sul-americano, mas foi barrado pelo local de Saquarema nas semifinais. Os dois surfaram boas ondas e Rodrigo Sphaier fez sua melhor apresentação, para receber uma nota 8,00. Ela definiu a vitória por 14,10 a 12,70 pontos sobre Piccolo Clemente, na disputa pela primeira vaga na grande final. A outra ficou com o norte-americano Tony Silvagni, que acabou decidindo o título sul-americano para Rodrigo Sphaier, ao derrotar o outro competidor de Saquarema, Jeferson Silva.

Jeferson Silva em ação. Foto: Tony D´Andrea – 213 Sports

O californiano Tony Silvagni, depois carimbou a faixa do campeão, levando o troféu de primeiro lugar do Saquarema Surf Festival Longboard Pro. Rodrigo largou na frente com nota 6,17 numa longa esquerda em Itaúna. Mas, Tony assumiu a ponta nas direitas, somando 5,60 com 5,93 em duas ondas seguidas. Sphaier preferiu esperar por ondas maiores, enquanto Silvagni foi pegando as direitas que ele deixava passar e uma abriu a parede para ele trabalhar bem no bico e receber nota 7,00. Depois, não entraram mais ondas boas e Tony Silvagni vibrou bastante pela vitória, por 12,93 a 7,57 pontos.

Tony Silvagni em ação. Foto: Tony D´Andrea – 213 Sports

“Primeiramente, o Rodrigo (Sphaier) sempre foi um dos melhores surfistas que eu já vi. Ele é um dos meus melhores amigos e foi uma honra poder vir aqui para Saquarema e surfar no pico dele”, elogiou Tony Silvagni, que tem muitos amigos no Brasil e veio dos Estados Unidos especialmente para participar do Saquarema Surf Festival. “Eu tenho muito respeito por ele (Rodrigo Sphaier). Adoro ver ele surfar em todas as etapas ao redor do mundo e sempre o apoiei nessa trajetória. Foi um evento fantástico e estou muito feliz pela vitória”.

Rodrigo Sphaier ficou um pouco decepcionado por não ter coroado a conquista de mais um título sul-americano, com vitória na primeira etapa importante de longboard realizada na sua cidade. Mas, estava feliz pela festa que os amigos e família fizeram para ele, ficando muito emocionado na hora da entrevista. “Isso tudo é muito especial. Quero agradecer a todos que estiveram aqui para ver esse evento nesses dias e dedico esse título para a minha esposa, que está lá em Portugal”, foram suas únicas palavras, antes de começar a chorar e não conseguir falar mais.

Rodrigo Sphaier levantando o troféu de campeão sul-americano. Foto: Tony D´Andrea – 213 Sports

ROXY PRO QS 3000: Antes dos pranchões entrarem em ação na quinta-feira, foi realizada a batalha pelas vagas nas quartas de final do Roxy Pro QS 3000. As peruanas Daniella Rosas e Arena Rodriguez Vargas, foram as primeiras a se classificar.

Arena Rodriguez Vargas em ação. Foto: Tony D´Andrea – 213 Sports

Na segunda bateria, a experiente equatoriana Dominic Barona cometeu um erro na disputa por uma onda. Os juízes assinalaram a penalidade de interferência e ela acabou em último, com a jovem Isabelle Nalu avançando em segundo lugar. A vencedora foi Summer Macedo, namorada do saquaremense João Chianca, o Chumbinho. Ela fez os recordes do dia entre as meninas, nota 6,83 e 11,43 pontos.

Summer Macedo em ação. Foto: Tony D´Andrea – 213 Sports

“A maré está bem cheia agora, não tem muitas ondas, está bem difícil, mas consegui pegar duas ondas boas e estou animada para as quartas de final”, disse Summer Macedo. “Eu estou muito fraca, porque peguei uma gripe forte, não estou muito bem hoje, mas vamos em frente. Agora as baterias serão só entre duas surfistas, acho que as ondas vão melhorar a partir de amanhã (sexta-feira) e eu amo Saquarema. Eu fiquei muito tempo aqui com o meu namorado, o João (Chianca), amo as pessoas daqui, as ondas e isso tudo é muito especial”.

Summer Macedo vai disputar a segunda vaga para as semifinais do Roxy Pro QS 3000, reeditando a final da etapa do WSL Qualifying Series realizada em junho no Equador, que ela perdeu para a peruana Daniella Rosas. Outro duelo Brasil x Peru vai abrir as quartas de final, mas da nova geração, com Isabelle Nalu enfrentando Arena Rodriguez Vargas.

Isabelle Nalu em ação. Foto: Tony D´Andrea – 213 Sports

Mais quatro jovens brasileiras estão na chave de baixo, que apontará a segunda finalista do Roxy Pro QS 3000. Laura Raupp vai fazer sua terceira defesa da liderança do ranking regional da WSL Latin America, contra Sophia Medina.

Sophia Medina em ação. Foto: Tony D´Andrea – 213 Sports

Depois, tem Larissa Santos contra Sol Carrion, que está estreando no WSL Qualifying Series. Larissa e a campeã da etapa encerrada no domingo em Florianópolis, Laura Raupp, barraram duas favoritas ao título do Saquarema Surf Festival, a experiente Silvana Lima e Tainá Hinckel.

Larissa Santos em ação. Foto: Tony D´Andrea – 213 Sports

“Eu estou muito feliz por ter passado mais uma batalha e estou sem acreditar ainda. Mas, como Deus ensinou, tudo é possível, então acredito em mim, no meu potencial e só tenho que agradecer à Ele, porque se não fosse Ele, eu não estaria aqui”, disse Larissa Santos. “Agradeço também toda a galera que está torcendo por mim, meus patrocinadores, minha família e vamos continuar nessa pegada, nesse ritmo, pensando positivo e que possa dar tudo certo. Glória ao Senhor pelas duas ondas boas para mim e vamos com tudo para as quartas de final”.

QUIKSILVER PRO QS 3000: As mulheres competiram depois dos homens, que abriram a quinta-feira com dois campeões mundiais estreando na bateria iniciada as 7h00 na Praia de Itaúna. O dia começou com surpresas. O campeão mundial do CT em 2015, Adriano de Souza, e o campeão mundial de ondas gigantes, Lucas “Chumbo” Chianca, acabaram eliminados pelo catarinense Caetano Vargas e pelo jovem potiguar de Natal, Mateus Sena, que ficou superfeliz em superar seus ídolos.

Caetano Vargas em ação. Foto: Tony D´Andrea – 213 Sports

Na segunda bateria do dia, os surfistas que vieram classificados da terceira fase, também barraram os cabeças de chave da quarta rodada do Quiksilver Pro QS 3000. Nessa, caíram os finalistas da etapa do WSL Qualifying Series encerrada no domingo em Florianópolis. O campeão Eduardo Motta e o vice, Michael Rodrigues, estavam defendendo a liderança no ranking regional da WSL Latin America e foram eliminados por Ryan Kainalo e Pedro Dib. Com isso, a briga pela ponta do ranking ficou aberta no Saquarema Surf Festival.

Ryan Kainalo em ação. Foto: Tony D´Andrea – 213 Sports

Os primeiros cabeças de chave a confirmarem o favoritismo, foram o João Chianca e o Marcos Correa, na quarta bateria contra Vitor Ferreira e Daniel Adisaka. João Chianca, o Chumbinho, é o irmão mais jovem do Lucas Chumbo e fez a melhor apresentação entre os 32 surfistas que competiram nas oito baterias restantes da terceira fase do Quiksilver Pro QS 3000, que abriram a quinta-feira.

Marcos Correa em ação. Foto: Flor Yanez – Surf Mappers

O Saquarema Surf Festival é a primeira etapa do QS que João Chianca “Chumbinho” compete em casa. Ele mostrou o seu surfe progressivo, combinando manobras de borda executadas com muita pressão e voando nos aéreos também, para receber uma nota 7,83 e totalizar 14,00 pontos.

João Chianca em ação. Foto: Flor Yanez – Surf Mappers

“O evento está lindo, em memória ao meu ídolo (Leo Neves), é até difícil falar dele, não quero entrar muito no assunto, mas estou aqui para surfar pelo Leo, no evento do Leo, que foi feito em memória a ele”, disse João Chianca. “Eu amo Itaúna, amo Saquarema inteira na real, exploro todas as ondas daqui, cada pico, cada esquininha de onda que a gente tem e estou muito feliz em me apresentar diante da minha família, dos amigos e do meu povo saquaremense. E o Leo está aqui com a gente! Ele abençoa cada swell que entra nessa costa toda da cidade e Itaúna adora eventos. É só ter um palanque na areia, que vai ter altas ondas. Espero que todo mundo esteja aqui pensando nele diariamente e quero parabenizar a WSL, porque as fotos dele (no evento) são super maneiras”.

PRO JUNIOR: O Saquarema Surf Festival em memória a Leo Neves, apresentado pela Prefeitura de Saquarema, começou na segunda-feira pela categoria Longboard. Na terça-feira foi iniciado o Quiksilver Pro QS 3000 e na quarta-feira o Roxy Pro QS 3000. Essas etapas do WSL Qualifying Series continuaram na quinta-feira, definindo os 32 surfistas que seguem na disputa do título masculino e as quartas de final femininas. Também na quinta-feira, foi encerrado o Saquarema Surf Festival Longboard Pro, decidindo os campeões sul-americanos de 2021 da WSL Latin America.

Os títulos do Pro Junior Sub-20 também serão definidos nas ondas da Praia de Itaúna, mas esta categoria ainda nem foi iniciada. Ela só vai começar às 7h00 desta sexta-feira em Saquarema, pelas oito baterias masculinas com os 32 participantes estreando na primeira fase. Depois, entram as 16 meninas divididas em quatro confrontos. Os dois e as duas melhores em cada, avançam na competição.

ASSISTAM AO VÍDEO, CLICANDO NO PLAYER ABAIXO:

Melhores Momentos: Saquarema Surf Festival – Dia 04:

RESULTADOS DA QUINTA-FEIRA NA PRAIA DE ITAÚNA:

FINAL DO SAQUAREMA SURF FESTIVAL LONGBOARD PRO:

Campeão: Tony Silvagni (EUA) por 12,93 pontos (7,00+5,93) – US$ 1.000 de prêmio
Vice-campeão: Rodrigo Sphaier (BRA) com 7,57 pontos (6,17+1,40) – US$ 400

SEMIFINAIS – 3.o lugar com US$ 250 de prêmio:

1.a: Rodrigo Sphaier (BRA) 14,10 x 12,70 Piccolo Clemente (PER)
2.a: Tony Silvagni (EUA) 12,30 x 10,83 Jeferson Silva (BRA)

QUARTAS DE FINAL – 5.o lugar com US$ 150 de prêmio:

1.a: Piccolo Clemente (PER) 14,44 x 13,03 Eduardo Bagé (BRA)
2.a: Rodrigo Sphaier (BRA) 12,77 x 10,06 Darlan Marques (BRA)
3.a: Tony Silvagni (EUA) 11,67 x 7,70 William Saldaña Diaz (PER)
4.a: Jeferson Silva (BRA) 12,17 x 10,00 Alex Leco Salazar (BRA)

DECISÃO DO TÍTULO SUL-AMERICANO FEMININO:

Campeã: Chloe Calmon (BRA) por 15,10 pontos (7,93+7,17) – US$ 1.000
Vice-campeã: Maria Fernanda Reyes (PER) com 10,24 pontos (5,57+4,67) – US$ 400

SEMIFINAIS – 3.o lugar com US$ 250 de prêmio:

1.a: Chloe Calmon (BRA) 15,00 x 6,83 Evelin Neves (BRA)
2.a: Maria Fernanda Reyes (PER) 6,83 x 5,93 Luana Soares (BRA)

QUARTAS DE FINAL – 5.o lugar com US$ 150 de prêmio:

1.a: Chloe Calmon (BRA) 14,17 x 5,33 Ayllar Cinti (BRA)
2.a: Evelin Neves (BRA) 9,57 x 5,70 Mainá Thompson (BRA)
3.a: Maria Fernanda Reyes (PER) 9,07 x 8,23 Jasmim Avelino (BRA)
4.a: Luana Soares (BRA) 8,17 x 3,94 Cristiana Pires (BRA)

TERCEIRA FASE DO QUIKSILVER PRO QS 3000:

———3.o=33.o lugar (200 pts) e 4.o=49.o lugar (180 pts)

9.a: 1-Caetano Vargas (BRA), 2-Mateus Sena (BRA), 3-Adriano de Souza (BRA), 4-Lucas Chianca (BRA)
10: 1-Ryan Kainalo (BRA), 2-Pedro Dib (BRA), 3-Eduardo Motta (BRA), 4-Michael Rodrigues (BRA)
11: 1-Alonso Correa (PER), 2-Santiago Muniz (ARG), 3-Bino Lopes (BRA), 4-Deyvson Santos (BRA)
12: 1-João Chianca (BRA), 2-Marcos Correa (BRA), 3-Vitor Ferreira (BRA), 4-Daniel Adisaka (BRA)
13: 1-Marco Fernandez (BRA), 2-Wesley Leite (BRA), 3-Wiggolly Dantas (BRA), 4-Yage Araujo (BRA)
14: 1-Jessé Mendes (BRA), 2-Samuel Pupo (BRA), 3-Felipe Oliveira (BRA), 4-Kim Matheus (BRA)
15: 1-Daniel Templar (BRA), 2-Victor Bernardo (BRA), 3-Alan Jhones (BRA), 4-Uriel Sposaro (BRA)
16: 1-Gustavo Borges (BRA), 2-Giovani Pontes (BRA), 3-Gabriel Klaussner (BRA), w.o-Jadson André (BRA)

SEGUNDA FASE DO ROXY PRO QS 3000 – 1.a e 2.a=Quartas de Final:

———3.a=9.o lugar (US$ 750 e 1.050 pts) e 4.a=13.o lugar (US$ 550 e 885 pts)

1.a: 1-Arena R. Vargas (PER), 2-Daniella Rosas (PER), 3-Yanca Costa (BRA), 4-Valeria Ojeda (VNZ)
2.a: 1-Summer Macedo (BRA), 2-Isabelle Nalu (BRA), 3-Kiany Huakutake (BRA), 4-Dominic Barona (ECU)
3.a: 1-Sophia Medina (BRA), 2-Sol Carrion (BRA), 3-Kalea Gervasi (PER), 4-Julia dos Santos (BRA)
4.a: 1-Larissa Santos (BRA), 2-Laura Raupp (BRA), 3-Taina Hinckel (BRA), 4-Silvana Lima (BRA)

PRÓXIMAS BATERIAS DO SAQUAREMA SURF FESTIVAL:

PRIMEIRA FASE DO PRO JUNIOR SUB-20 MASCULINO:

———3.o=17.o lugar (200 pts) e 4.o=25.o lugar (75 pts)

1.a: Eduardo Motta (BRA), Caio Costa (BRA), João Cypriano (BRA), Ytalo Oliveira (BRA)
2.a: Wallace Vasco (BRA), Diego Aguiar (BRA), Noel De La Torre (CHL), Lucas Bezerra (BRA)
3.a: Leo Casal (BRA), Kaue Germano (BRA), Renan Rodrigues (BRA), Cauã Gonçalves (BRA)
4.a: Mateus Sena (BRA), Ryan Kainalo (BRA), Philippe Neves (BRA), Kayki Araujo (BRA)
5.a: Daniel Templar (BRA), Kainan Meira (BRA), Diogo Santos (BRA), Valentin Neves (BRA)
6.a: Cauã Costa (BRA), Thiago Eduardo (BRA), Nazareno Pereyra (ARG), Luiz Mendes (BRA)
7.a: Heitor Mueller (BRA), Pedro Bianchini (BRA), Diego Brigido (BRA), Kalany Ratto (BRA)
8.a: Daniel Adisaka (BRA), Rodrigo Saldanha (BRA), Ian Casal (BRA), Murillo Coura (BRA)

PRO JUNIOR SUB-20 FEMININO – 1.a e 2.a=Quartas de Final:

———3.a=9.o lugar (350 pts) e 4.a=13.o lugar (295 pts)

1.a: Tainá Hinckel (BRA), Naire Marquez (BRA), Kemily Sampaio (BRA), Julia Duarte (BRA)
2.a: Maju Freitas (BRA), Isabela Saldanha (BRA), Laura Raupp (BRA), Isabelle Nalu (BRA)
3.a: Daniella Rosas (PER), Coco Cianciarulo (ARG), Sophia Medina (BRA), Arena Rodriquez Vargas (PER)
4.a: Sol Aguirre (PER), Pamella Mel (BRA), Kalea Gervasi (PER), Luana Paes (BRA)

QUARTA FASE DO QUIKSILVER PRO QS 3000:

—-3.o=17.o lugar (US$ 350 e 600 pts) e 4.o=25.o lugar (US$ 250 e 500 pts)

1.a: Lucas Vicente (BRA), Raoni Monteiro (BRA), Gabriel André (BRA), José Gundesen (ARG)
2.a: Alex Ribeiro (BRA), Willian Cardoso (BRA), Robson Santos (BRA), Amando Tenorio (BRA)
3.a: Yago Dora (BRA), Thiago Camarão (BRA), Alejo Muniz (BRA), Leandro Usuna (ARG)
4.a: Miguel Tudela (PER), Matheus Navarro (BRA), Sebastian Olarte (URU), Arthur Máximo (BRA)
5.a: Marcos Correa (BRA), Santiago Muniz (ARG), Caetano Vargas (BRA), Ryan Kainalo (BRA)
6.a: João Chianca (BRA), Alonso Correa (PER), Mateus Sena (BRA), Pedro Dib (BRA)
7.a: Jessé Mendes (BRA), Victor Bernardo (BRA), Marco Fernandez (BRA), Giovani Pontes (BRA)
8.a: Samuel Pupo (BRA), Wesley Leite (BRA), Gustavo Borges (BRA), Daniel Templar (BRA)

QUARTAS DE FINAL DO ROXY PRO QS 3000 – 5.o lugar com US$ 1.000 e 1.500 pts:

1.a: Arena R. Vargas (PER) x Isabelle Nalu (BRA)
2.a: Daniella Rosas (PER) x Summer Macedo (BRA)
3.a: Laura Raupp (BRA) x Sophia Medina (BRA)
4.a: Larissa Santos (BRA) x Sol Carrion (BRA)

SOBRE A 213 SPORTS: Fundada por Pedro Dau, Yuri Binder, Bernardo Montenegro e Marcelo Montenegro, a 213 Sports nasceu em 2012. Em 2021, a agência foi adquirida pela V3A e, desde então, responde pela vertical de Esportes, que integra o pilar de Ventures da companhia. Focada em marketing esportivo, a 213 Sports já realizou mais de 50 projetos para marcas globais e locais, impactando mais de 20 milhões de pessoas no Brasil e no mundo. A essência da 213 Sports vê o esporte como engajamento, entretenimento e, principalmente, uma válvula de escape para as marcas que buscam atenção do consumidor final. Insights estratégicos alinhados com o posicionamento da marca, excelência na execução e resultados mensuráveis com retorno social, sempre que possível, são as bases que sustentam a 213 Sports. Responsável por inúmeros cases, a agência se destaca por realizações como CamelBak Race, Casa ON Running, Oi Rio Pro, Pelé Academia, Praia Para Todos, Sephora Beauty Run, WSL House, entre outros.

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE: Estabelecida em 1976, a World Surf League (WSL) é a casa do melhor surf do mundo. Uma empresa global de esportes, mídia e entretenimento, a WSL supervisiona circuitos e competições internacionais, tem uma divisão de estúdios de mídia que cria mais de 500 horas de conteúdo ao vivo e sob demanda, por meio da afiliada WaveCo, empresa que criou a melhor onda artificial de alto desempenho do mundo.

Com sede em Santa Monica, Califórnia, a WSL possui escritórios regionais na América do Norte, América Latina, Ásia-Pacífico e EMEA. A WSL coroa anualmente os campeões mundiais de surf profissional masculino e feminino. A divisão global de Circuitos supervisiona e opera mais de 180 competições globais a cada ano do Championship Tour e dos níveis de desenvolvimento, como o Challenger Series, Qualifying Series e Junior Series, bem como os circuitos de Longboard e Big Wave.

Lançado em 2019, o WSL Studios é um produtor independente de projetos de televisão sem roteiros, incluindo documentários e séries, que fornecem acesso sem precedentes a atletas, eventos e locais globalmente. Os eventos e o conteúdo da WSL, são distribuídos na televisão linear para mais de 743 milhões de lares no mundo inteiro e em plataformas de mídia digital e social, incluindo o WorldSurfLeague.com. A afiliada WaveCo inclui as instalações do Surf Ranch Lemoore e a utilização e licenciamento do Kelly Slater Wave System.

A WSL é dedicada a mudar o mundo por meio do poder inspirador do surfe, criando eventos, experiências e histórias autênticas, afim de motivar a sempre crescente comunidade global para viver com propósito, originalidade e entusiasmo.

O Saquarema Surf Festival apresentado pela Prefeitura Municipal de Saquarema é um evento licenciado pela WSL Latin America para a 213 Sports realizar uma etapa do WSL Qualifying Series e seletivas sul-americanas para os mundiais das categorias Pro Junior e Longboard, todas para homens e mulheres competirem na Praia de Itaúna. O evento tem patrocínio da Quiksilver, Roxy, 51 Ice, Corona, apoio da Orthopride, Stanley Brasil, Monster Energy e parceria da Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro (FESERJ), Associação de Surf de Saquarema (ASS), MegAçaí,  Rádio Cidade e dos sites Ricosurf e Waves.

O evento está sendo transmitido ao vivo no www.worldsurfleague.com

Mais informações sobre o surfe mundial no www.worldsurfleague.com e notícias em português no www.wsllatinamerica.com 

Reportagem: João Carvalho – WSL Latin América

Edição Textos e Imagens: Edson “Adrena” Andrade

Tenha lindas artes exclusivas
mag72