Rip Curl Newcastle Cup apresentado pela Corona – Começa nesta quarta-feira no Brasil, quinta-feira na Austrália.

Publicado por AdrenaNews 0

Começa neste quarta-feira, 31 de março aqui no Brasil, manhã de quinta-feira, 01 de abril na icônica Newcastle, o prazo para o inicio do Rip Curl Newcastle Cup apresentado pela Corona.

Line Up de Merewether Beach em ação. Foto: Tom Bennett – WSL

A primeira chamada para as disputas dos primeiros rounds, estão programadas para as 07:00 da manhã desta quinta-feira na Austrália, 17 horas de quarta-feira, aqui no Brasil. E tudo indica que deve começar logo na manhã deste primeiro dia em Merewether Beach, já que as previsões indicam boas ondas de um metro a um metro e meio nos dois primeiros dias do prazo, que vai até o dia 11 de Abril.

Line Up de Merewether Beach em ação. Foto: Wes Burton – WSL

Este será o primeiro dos quatro eventos do WSL Championship Tour 2021 que acontecerão na Austrália nos próximos dois meses. Ontem foi o dia da coletiva de imprensa, onde alguns dos tops da elite mundial concederam entrevistas para a imprensa. Será a primeira vez que pontos para a corrida ao título mundial na era da World Surf League (WSL), serão oferecidos em Newcastle, após quase três décadas.

Coletiva de imprensa. Foto: Matt Dunbar – WSL

Alguns competidores do CT, nunca haviam surfado antes as ondas de Merewether Beach , como por exemplo o atual líder e duas vezes campeão da WSL, John John Florence (HAW), que está em Newcastle pela primeira vez  se preparando para uma grande perna australiana, enquanto busca seu terceiro título mundial.

“É ótimo estar em uma sociedade que está perto de se livrar do COVID-19”, disse Florence. “Eu definitivamente me sinto pronto e animado para começar a competir novamente, e com quatro eventos nos próximos dois meses, é realmente reconfortante retornar para o Tour nesta temporada. Com as Olimpíadas também confirmadas para este ano, ter esses eventos aqui, será a melhor forma de me preparar para as Olimpíadas. Estou competindo aqui contra os melhores surfistas do mundo e essa é a preparação ideal”.

A duas vezes campeão da WSL, Tyler Wright (AUS) chega a Newcastle na liderança e buscará manter essa posição quando a competição finalizar nas próximas duas semanas. Tyler já competiu nos eventos do Qualifying Series em Newcastle antes, e está animada para enfrentar suas adversárias no novo local de uma etapa do CT na abertura da perna australiana.

“Começar a temporada de 2021, aqui em Newcastle e realização de quatro eventos consecutivos na Austrália, me parece que foi a decisão certa e lógica pela WSL”, disse Wright. “Esta é a nossa saída em voltar a competir pelo WSL Championship Tour. Esses novos locais também são empolgantes para nós e Newcastle tem sido uma experiência de boas-vindas bastante agradável”.

A quatro vezes campeã mundial da WSL, Carissa Moore (HAW), está pronta para 2021, com os olhos não apenas no seu quinto título, mas também no ouro olímpico, já que o surf parece que fará a sua estreia olímpica em Tóquio ainda este ano. Um resultado para aumentar a sua confiança é o que Moore está procurando em Newcastle, mas ela terá um início difícil de campanha, enfrentando Sage Erickson (EUA) e a wildcard local Philippa Anderson (AUS) em sua bateria de estreia.

Carissa Moore. Foto: Matt Dunbar – WSL

“Eu adoro estar na Austrália”, disse Moore. “Quatorze dias de quarentena foram difíceis, mas agora que fomos liberados para uma sociedade muito mais normal sem COVID-19 é muito legal. Estou super empolgado para competir novamente. perdemos o ímpeto no ano passado, mas agora com quatro eventos pela frente, estamos todos um pouco nervosos com certeza, mas muito animados também”.

Outro detentor do título mundial que terá a tarefa de enfrentar um wildcard local é o atual campeão da WSL, Ítalo Ferreira (BRA), que enfrentará o destaque de Merewether, Jackson Baker (AUS) e o estreante do  CT , Jack Robinson (AUS).

Ítalo Ferreira. Foto: Matt Dunbar – WSL

Reservas grátis de ingressos para o Rip Curl Newcastle Cup apresentado por Corona:

Devido aos regulamentos do COVID-19 que limitam o tamanho do público, a WSL está exigindo que os fãs reservem ingressos GRATUITOS para a próxima competição australiana. Para saber mais, leia o guia de eventos da WSL para obter informações sobre reservas de ingressos grátis e perguntas frequentes. Reserve seus ingressos GRÁTIS em wsl.tv/NewcastleTickets.

Atualizações COVID-19:

A WSL implementará um plano de saúde e segurança COVID-19 robusto e completo para cada evento durante as etapas australianas do CT, de acordo com as orientações federais e estaduais. O plano de saúde e segurança da WSL inclui medidas de distanciamento físico, verificações de temperatura, limpeza aprimorada de objetos de alto toque no local do evento, procedimentos de rastreamento de contato, estações de desinfectantes em todo o local do evento e o mínimo de pessoas no local do evento.

Todos os atletas em viagem e equipe de apoio devem completar a quarentena de hotel obrigatória de 14 dias e receber autorização médica dos funcionários de saúde pública antes de entrar na comunidade em geral.

Devido ao COVID-19, os eventos australianos de CT serão executados com base no fechamento das fronteiras estaduais, seguindo estritamente as diretrizes e restrições do governo federal e estadual. Todas as etapas e datas estão sujeitas a alterações devido às restrições aplicáveis ​​relacionadas ao COVID-19, incluindo restrições globais de viagens.

Baterias Femininas Round 1:

Heat 1: Sally Fitzgibbons (AUS), Nikki Van Dijk (AUS), Macy Callaghan (AUS)
Heat 2: Lakey Peterson (USA), Tyler Wright (AUS), Keely Andrew (AUS)
Heat 3: Carissa Moore (HAW), Sage Erickson (USA), Philippa Anderson (AUS)
Heat 4: Stephanie Gilmore (AUS), Johanne Defay (FRA), Bronte Macaulay (AUS)
Heat 5: Caroline Marks (USA), Courtney Conlogue (USA), Brisa Hennessy (CRI)
Heat 6: Tatiana Weston-Webb (BRA), Malia Manuel (HAW), Isabella Nichols (AUS)

Baterias Masculinas Round 1:

Heat 1: Kanoa Igarashi (JPN), Conner Coffin (USA), Deivid Silva (BRA)
Heat 2: Filipe Toledo (BRA), Jadson Andre (BRA), Morgan Cibilic (AUS)
Heat 3: John John Florence (HAW), Yago Dora (BRA), Mikey Wright (AUS)
Heat 4: Jordy Smith (ZAF), Frederico Morais (PRT), Matt Banting (AUS)
Heat 5: Gabriel Medina (BRA), Matthew McGillivray (ZAF), Crosby Colapinto (USA)
Heat 6: Italo Ferreira (BRA), Jack Robinson (AUS), Jackson Baker (AUS)
Heat 7: Jeremy Flores (FRA), Adrian Buchan (AUS), Connor O’Leary (AUS)
Heat 8: Owen Wright (AUS), Peterson Crisanto (BRA), Alex Ribeiro (BRA)
Heat 9: Julian Wilson (AUS), Wade Carmichael (AUS), Ethan Ewing (AUS)
Heat 10: Ryan Callinan (AUS), Griffin Colapinto (USA), Leonardo Fioravanti (ITA)
Heat 11: Jack Freestone (AUS), Michel Bourez (FRA), Miguel Pupo (BRA)
Heat 12: Caio Ibelli (BRA), Seth Moniz (HAW), Adriano de Souza (BRA)

Perna australiana do WSL Championship Tour 2021*:

*Todas as etapas e datas estão sujeitas a alterações devido às restrições aplicáveis relacionadas ao COVID-19, incluindo restrições globais de viagens.

• Rip Curl Newcastle Cup apresentado pela Corona: 01-11 de abril
• Rip Curl Narrabeen Classic apresentado pela Corona: 16-26 de abril
• Boost Mobile Margaret River Pro apresentado pela Corona: 02-12 de maio
• Rip Curl Rottnest Search apresentado pela Corona: 16-26 de maio

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE – Estabelecida em 1976, a World Surf League (WSL) é a casa do melhor surf do mundo. Uma empresa global de esportes, mídia e entretenimento, a WSL supervisiona circuitos e competições internacionais, tem uma divisão de estúdios de mídia que cria mais de 500 horas de conteúdo ao vivo e sob demanda, por meio da afiliada WaveCo, empresa que criou a melhor onda artificial de alto desempenho do mundo.

Com sede em Santa Monica, Califórnia, a WSL possui escritórios regionais na América do Norte, América Latina, Ásia-Pacífico e EMEA. A WSL coroa anualmente os campeões mundiais de surf profissional masculino e feminino. A divisão global de Circuitos supervisiona e opera mais de 180 competições globais a cada ano do Championship Tour e dos níveis de desenvolvimento, como o Challenger Series, Qualifying Series e Junior Series, bem como os circuitos de Longboard e Big Wave.

Lançado em 2019, o WSL Studios é um produtor independente de projetos de televisão sem roteiros, incluindo documentários e séries, que fornecem acesso sem precedentes a atletas, eventos e locais globalmente. Os eventos e o conteúdo da WSL, são distribuídos na televisão linear para mais de 743 milhões de lares no mundo inteiro e em plataformas de mídia digital e social, incluindo o WorldSurfLeague.com. A afiliada WaveCo inclui as instalações do Surf Ranch Lemoore e a utilização e licenciamento do Kelly Slater Wave System.

A WSL é dedicada a mudar o mundo por meio do poder inspirador do surfe, criando eventos, experiências e histórias autênticas, afim de motivar a sempre crescente comunidade global para viver com propósito, originalidade e entusiasmo.

O Rip Curl Newcastle Cup apresentado pela Corona é orgulhosamente apoiado por nossos parceiros: Rip Curl, Corona, Agência Governamental de Turismo e Eventos de NSW Destination, City of Newcastle, Red Bull, Oakley, Hydro Flask, Harvey Norman, Bonsoy, Boost Mobile, Dometic Outdoor, Bond University, BF Goodrich, Burton Automotive e Oakberry.

Para mais informações, visite o WorldSurfLeague.com

Reportagem: Edson “Adrena” Andrade – Fonte: World Surf League (WSL)

Edição: Edson “Adrena” Andrade

Tenha lindas artes exclusivas
mag72