Rip Curl Narraben Classic apresentado pela Corona – Próxima chamada sábado na Austrália, aproximadamente as 17h30 da sexta-feira no Brasil.

Publicado por AdrenaNews 169 views0

O prazo para o Rip Curl Narraben Classic apresentado pela Corona, começou, porém foi cancelado neste primeiro dia. A próxima chamada será as 6h30 do sábado na Austrália, 17h30 aproximadamente da sexta-feira no Brasil.

Line Up de North Narrabeen, Sydney em ação. Foto: Matt Dunbar – WSL

O dia de abertura do Rip Curl Narrabeen Classic apresentado pela Corona, a terceira etapa do WSL Championship Tour 2021. Os organizadores do evento se reunirão na manhã deste sábado às 6h30 para reavaliar as condições e fazer a próxima chamada. As previsões indicam a chegada de um bom swell neste sábado e domingo em North Narraben.

“É ótimo estar de volta a Narrabeen”, disse o vice-presidente sênior de turismo da WSL e chefe da competição, Jessi Miley-Dyer. “No entanto, temos ondas pequenas e não faremos nenhuma competição hoje. Porém, temos uma boa previsão para os próximos dias, então estamos confiantes de que a competição começará aqui no icônico North Narrabeen durante o fim de semana.”

Se as previsões confirmarem teremos os melhores dias somente nos dois finais de semana. Vejam abaixo as previsões:

Sexta-feira, 16 de abril: 2-3′ pés, subindo para 4-6’pés.

Sábado, 17 de abril: 5-6′ pés, ocasionalmente séries maiores de 8’pés pela manhã, subindo 6-10 na parte da tarde.

Domingo, 18 de abril: 5-8’pés pela manhã e de 4-6’pés pela tarde.

Segunda-feira, 19 de abril: 4-6’pés, reduzindo para 3-5’pés a tarde.

Terça-feira, dia 20 de abril 4-7’pés reduzindo para 4-5’pés a tarde.

Fonte: Surfline Forecast

PRIMEIRA FASE CLASSIFICATÓRIA DO RIP CURL NARRABEEN CLASSIC:

CATEGORIA MASCULINA – 1.o e 2.o=Terceira Fase / 3.o=Repescagem:

1.a: Kanoa Igarashi (JPN), Yago Dora (BRA), Connor O´Leary (AUS)
2.a: John John Florence (HAV), Frederico Morais (PRT), Alex Ribeiro (BRA)
3.a: Filipe Toledo (BRA), Adriano de Souza (BRA), Mikey Wright (AUS)
4.a: Jordy Smith (AFR), Adrian Buchan (AUS), Reef Heazlewood (AUS)
5.a: Gabriel Medina (BRA), Jadson André (BRA), Dylan Moffat (AUS)
6.a: Italo Ferreira (BRA), Morgan Cibilic (AUS), Mick Fanning (AUS)
7.a: Jeremy Flores (FRA), Peterson Crisanto (BRA), Ethan Ewing (AUS)
8.a: Ryan Callinan (AUS), Michel Bourez (TAH), Leonardo Fioravanti (ITA)
9.a: Owen Wright (AUS), Seth Moniz (HAV), Matthew McGillivray (AFR)
10.a: Julian Wilson (AUS), Conner Coffin (EUA), Miguel Pupo (BRA)
11.a: Jack Freestone (AUS), Wade Carmichael (AUS), Deivid Silva (BRA)
12.a: Griffin Colapinto (EUA), Caio Ibelli (BRA), Jack Robinson (AUS)

CATEGORIA FEMININA – 1.a e 2.a=Oitavas de Final / 3.a=Segunda Fase:

1.a: Stephanie Gilmore (AUS), Malia Manuel (HAV), Brisa Hennessy (CRI)
2.a: Caroline Marks (EUA), Tyler Wright (AUS), Macy Callaghan (AUS)
3.a: Carissa Moore (HAV), Nikki Van Dijk (AUS), Laura Enever (AUS)
4.a: Sally Fitzgibbons (AUS), Johanne Defay (FRA), Sage Erickson (EUA)
5.a: Lakey Peterson (EUA), Isabella Nichols (AUS), Keely Andrew (AUS)
6.a: Tatiana Weston-Webb (BRA), Courtney Conlogue (EUA), Bronte Macaulay (AUS)

TOP-10 DO JEEP LEADERBOARD DA WSL – após 2.a etapa de 2021:

1.o- Italo Ferreira (BRA) – 16.085 pontos
2.o- Gabriel Medina (BRA) – 15.600
3.o- John John Florence (HAV) – 11.330
4.o- Jordy Smith (AFR) – 8.065
4.o- Kanoa Igarashi (JPN) – 8.065
4.o- Ryan Callinan (AUS) – 8.065
7.o- Filipe Toledo (BRA) – 7.415
7.o- Morgan Cibilic (AUS) – 7.415
9.o- Kelly Slater (EUA) – 6.350
10.o- Jeremy Flores (FRA) – 6.075
10.o- Deivid Silva (BRA) – 6.075
10.o- Leonardo Fioravanti (ITA) – 6.075

Demais brasileiros:

13.o- Adriano de Souza (BRA) – 5.010
15.o- Caio Ibelli (BRA) – 4.650
15.o- Peterson Crisanto (BRA) – 4.650
15.o- Yago Dora (BRA) – 4.650
15.o- Miguel Pupo (BRA) – 4.650
25.o- Jadson André (BRA) – 3.585
32.o- Alex Ribeiro (BRA) – 1.595

TOP-10 DO JEEP LEADERBOARD DA WORLD SURF LEAGUE:

1.a- Carissa Moore (HAV) – 17.800 pontos
2.a- Tyler Wright (AUS) – 12.610
3.a: Isabella Nichols (AUS) – 10.410
4.a- Stephanie Gilmore (AUS) – 9.490
5.a- Caroline Marks (EUA) – 8.695
5.a- Sally Fitzgibbons (AUS) – 8.695
5.a- Tatiana Weston-Webb (BRA) – 8.695
8.a- Lakey Peterson (EUA) – 7.355
8.a- Courtney Conlogue (EUA) – 7.355
8.a- Johanne Defay (FRA) – 7.355

PERNA AUSTRALIANA – O Rip Curl Narrabeen Classic, que começou nesta sexta-feira com prazo até 26 de abril para ser encerrado em Narrabeen Beach, em Sydney, também em New South Wales. As outras serão na região de West Australia, o Boost Mobile Margaret River Pro de 02 a 12 de maio em Margaret River e o Rip Curl Rottnest Search de 16 a 26 de maio em Rottnest Island.

• Rip Curl Narrabeen Classic apresentado pela Corona: 16-26 de abril
• Boost Mobile Margaret River Pro apresentado pela Corona: 02-12 de maio
• Rip Curl Rottnest Search apresentado pela Corona: 16-26 de maio

Perna australiana do WSL Championship Tour 2021*:

*Todas as etapas e datas estão sujeitas a alterações devido às restrições aplicáveis relacionadas ao COVID-19, incluindo restrições globais de viagens.

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE – Estabelecida em 1976, a World Surf League (WSL) é a casa do melhor surf do mundo. Uma empresa global de esportes, mídia e entretenimento, a WSL supervisiona circuitos e competições internacionais, tem uma divisão de estúdios de mídia que cria mais de 500 horas de conteúdo ao vivo e sob demanda, por meio da afiliada WaveCo, empresa que criou a melhor onda artificial de alto desempenho do mundo.

Com sede em Santa Monica, Califórnia, a WSL possui escritórios regionais na América do Norte, América Latina, Ásia-Pacífico e EMEA. A WSL coroa anualmente os campeões mundiais de surf profissional masculino e feminino. A divisão global de Circuitos supervisiona e opera mais de 180 competições globais a cada ano do Championship Tour e dos níveis de desenvolvimento, como o Challenger Series, Qualifying Series e Junior Series, bem como os circuitos de Longboard e Big Wave.

Lançado em 2019, o WSL Studios é um produtor independente de projetos de televisão sem roteiros, incluindo documentários e séries, que fornecem acesso sem precedentes a atletas, eventos e locais globalmente. Os eventos e o conteúdo da WSL, são distribuídos na televisão linear para mais de 743 milhões de lares no mundo inteiro e em plataformas de mídia digital e social, incluindo o WorldSurfLeague.com. A afiliada WaveCo inclui as instalações do Surf Ranch Lemoore e a utilização e licenciamento do Kelly Slater Wave System.

A WSL é dedicada a mudar o mundo por meio do poder inspirador do surfe, criando eventos, experiências e histórias autênticas, afim de motivar a sempre crescente comunidade global para viver com propósito, originalidade e entusiasmo.

Para mais informações, visite o WorldSurfLeague.com

Reportagem: World Surf League (WSL)

Edição Texto e Imagens: Edson “Adrena” Andrade

Tenha lindas artes exclusivas
mag72