Rip Curl Grom Search – Pablo, Matheus e Bela vencem nas ondas artificiais de Itupeva

Publicado por AdrenaNews 0

Em dia histórico, Pablo Gabriel, Matheus Neves e Bela Nalu venceram suas categorias pelo Rip Curl Grom Search apresentado por Praia da Grama, primeiro campeonato de surf no País em ondas artificiais.

Pablo Gabriel em ação. Foto: Aleko Stergiou

O surf brasileiro, que vem ganhando cada vez mais projeção, teve mais um dia histórico nesta quarta-feira. E o mais emblemático, bem longe do mar, com a realização do primeiro campeonato da modalidade em ondas artificiais de alta performance, com a final do Rip Curl Grom Search apresentado por Praia da Grama. O cenário foi perfeito, ondas de qualidade, sol, surfista de ponta da nova geração (com até 16 anos) no Condomínio de Luxo Fazenda da Grama, em Itupeva, no interior de SP, a 90 km de capital.

Matheus Neves em ação. Foto: Aleko Stergiou

O primeiro dia de disputas contou com três categorias, que definiram os primeiros campeões. Na masculina sub12, Pablo Gabriel (RJ) faturou o bicampeonato; na masculina sub14, Matheus Neves (SP) foi o mais regular e ficou em primeiro; enquanto na feminina sub16, Bela Nalu (SC) foi a primeira menina campeã e ainda quebrou a sequência de títulos de Sophia Medina (SP), que tentava o tetracampeonato.

Bela Nalu em ação. Foto: Aleko Stergiou

A competição segue nesta quinta-feira (7), com a presença ilustre do tricampeão mundial de surf Gabriel Medina, que surfará com os dois campeões do dia, nas categorias masculina sub16 e feminina sub14. As disputas terão transmissão ao vivo, novamente, pelo site oficial ripcurl.com.br/gromsearch21  e as finais também pelo Canal Sportv. As baterias começam às 10 horas.

Idealizador e organizador desse campeonato especial, o gerente de marketing da Rip Curl no Brasil, Fernando Gonzalez, comemorou muito o sucesso desse primeiro dia do evento, que é muito tradicional e está completando 22 anos de trajetória na revelação de grandes valores da modalidade. “Foi um dia épico, muito mais do que eu imaginava que seria. Um dia maravilhoso na Praia da Grama. Ondas perfeitas, quebrando para os dois lados, muito sol, ambiente controlado, energia positiva de todos os envolvidos, dos atletas, familiares, patrocinadores, apoiadores, staffs, todo mundo feliz de estar aqui”, vibrou.

Pablo Gabriel e Fernando Gonzalez. Foto: Aleko Stergiou

“Evento histórico coroando os três primeiros campeões do surf brasileiro num campeonato de ondas artificiais de alta performance, com show de surf. A estrutura aqui é sensacional, tudo super organizado, de bom gosto. Conseguimos levar o evento fechado para o público, por causa das restrições pela pandemia, para milhares de pessoas através da transmissão on-line perfeita. Um dia para ficar marcado na história do esporte brasileiro, por tudo que aconteceu. E amanhã tem mais”, completou.

Sophia Medina em ação. Foto: Aleko Stergiou

A categoria masculina sub12 foi a primeira a competir e logo os caçulas do evento mostraram a união dos principais talentos da nova geração com as ondas perfeitas, com grandes performances, tanto no lado direito quanto esquerdo da piscina, com ondas de manobras e de tubos, com tecnologia Wavegarden Cove 2.0, a primeira da América Latina. Na grande final, Pablo Gabriel foi superior nas duas baterias, somando 17,75 pontos de 20 possíveis, com direito a um 9,5. Anuar Chiah (PR) ficou em segundo, com os paulistas Kalani Robles e Vini Palma, em terceiro e quarto lugares.

Pódio masculino sub12. Foto: Aleko Stergiou

“Foi muito bom, histórico. Sensação ótima, ainda mais de ser da marca que me patrocina e representei bem. A molecada quebrou e a emoção de ser campeão foi inexplicável”, comemorou Pablo Gabriel de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Estado do Rio de Janeiro e que faz parte da equipe Rip Curl.

Anuar Chiah em ação. Foto: Aleko Stergiou

Pablo Gabriel e Anuar Chiah voltaram para a piscina para a sub14, mas desta vez, Matheus Neves, que é baiano e mora em Maresias, venceu pela regularidade. A diferença no placar foi de um ponto apenas. O surfista do Paraná teve a melhor nota da decisão, 9,25, mas voltou a ficar em segundo lugar. O vencedor da sub12 ficou em terceiro, seguido do cearense Guilherme Lemos. “O campeonato foi irado, todo mundo surfando bem. O Anuar surfou muito bem, fiz as contas na água até. Todos estão chegando com tudo e estou fazendo o melhor que posso”, disse emocionado Matheus.

Pódio masculina sub14 . Foto: Aleko Stergiou

Entre as meninas, Sophia Medina tentava o inédito tetra, mas Bela Nalu fez valer sua vontade e coragem. A filha do experiente surfista Everaldo Pato Teixeira, viajou sozinha pela primeira vez, sem a família, que ficou em Bali, Indonésia, e deu um show, sendo a melhor nos dois lados da piscina. Ela marcou 17 pontos, enquanto Sophia teve 15,65. A catarinense Laura Raupp ficou em terceiro e a paranaense Luara Mandelli a quarta.

Pódio feminino sub16 em ação. Foto: Aleko Stergiou

“Eu sabia que o nível seria super alto. Mas fiz tanto esforço para me classificar. Viajei da Califórnia só para gravar as ondas da seletiva e deu certo. O sentimento de conseguir ganhar esse título num lugar inovador é demais. Estou muito feliz”, falou Nalu.

Vale lembrar que devido à pandemia, as eliminatórias para a grande final foram realizadas no formato virtual. Os atletas enviavam ondas gravadas em praias brasileiras que eram julgadas durante uma transmissão ao vivo. Foram seis sábados seguidos de disputas, classificando os 40 melhores nomes da nova geração brasileira.

RESULTADOS OFICIAIS:

CATEGORIA SUB12 MASCULINA:

1 Pablo Gabriel (RJ) – 17,75
2 Anuar Chiah (PR) – 14,75
3 Kalani Robles (SP) – 13,85
4 Vini Palma (SP) – 9,40

CATEGORIA SUB14 MASCULINA:

1 Matheus Neves (SP) – 16,0
2 Anuar Chiah (PR) – 15,0
3 Pablo Gabriel (RJ) – 13,75
4 Guilherme Lemos (CE) – 13,25

CATEGORIA SUB16 FEMININA:

1 Bela Nalu (SC) – 17,0
2 Sophia Medina (SP) – 15,65
3 Laura Raupp (SC) – 13,85
4 Luara Mandelli (PR) – 11,30

Acompanhe o cronograma de quinta-feira:

QUINTA-FEIRA, 7 DE OUTUBRO:

8h às 9h – Treino dos atletas nos dois lados da piscina
9 às 10h – Session iniciantes do Condomínio + treino dos atletas no lado esquerdo
10h às 10h30 – Categoria sub14 feminina – Round 1 – Bateria 1 – lado esquerdo
10h40 às 11h10 – Categoria sub14 feminina – Round 1 – Bateria 2 – lado direito
11h10 às 11h40 – Categoria sub16 masculina – Round 1 – Bateria 1 – lado esquerdo
11h50 às 12h20 – Categoria sub16 masculina – Round 1 – Bateria 2 – lado direito
12h30 às 13h50 – Convidados – lado direito
14h às 14h20 – Categoria sub14 feminina – FINAL – lado direito
14h20 às 14h40 – Categoria sub16 masculina – FINAL – lado direito
14h50 às 15h10 – Categoria sub14 feminina – FINAL – lado esquerdo
15h10 às 15h35 – Categoria sub16 masculina – FINAL – lado esquerdo
15h40 às 16h – Apresentação do Gabriel Medina com os campeões da sub14 feminina e sub16 masculina – lado esquerdo

A grande final do Rip Curl Grom Search é apresentada por Praia da Grama, com patrocínios da Citroën, GoPro e Brazinco. Apoio: Meu Dome, Isotônico Jungle, Ibellis Burguer, Jandaia Cadernos, Lojas Ophicina, Hotel Intercity Vinhedo e NetTurbo. Divulgação da FMA Notícias, cobertura on-line do site Waves.com.br e do Canal Sportv. Realização da Rip Curl em parceria com a Swell Eventos.

Reportagem: Fabio Maradei – FMA

Edição: Edson “Adrena” Andrade

Tenha lindas artes exclusivas
mag72