Prêmio Brasileiro Ocyan de Ondas Grandes promoveu workshop feminino em ondas grandes.

Publicado por AdrenaNews 0

Prêmio Brasileiro Ocyan de Ondas Grandes promoveu workshop feminino em ondas grandes e troca de experiências. Evento fez parte das comemorações pelo Mês Internacional da Mulher.

Paola Simão em ação. Foto: Henrique Pinguim

Ainda em comemoração pelo mês Internacional da Mulher, o Prêmio Brasileiro Ocyan de Ondas Grandes reuniu 30 mulheres do mar em um workshop de trocas de experiências e desenvolvimento do público feminino nas ondas grandes. O objetivo, além de celebrar e chamar a atenção para a data, é incentivar o empoderamento feminino no Esporte.

Barbara Rizzeto em ação. Foto: Henrique Pinguim

Na ultima segunda-feira, dia 14, aconteceu a segunda parte da ativação de engajamento feminino, onde ocorreu um treinamento de tow-in, modalidade em que o surfista entra na onda puxado por um jet-ski. Em dias de condições mais extremas o equipamento é uma excelente ferramenta para auxiliar a entrada do surfista nas ondas, proporcionando mais velocidade, assim como para o seu resgate.

Caio Vaz em ação. Foto: Henrique Pinguim

A experiência foi ministrada pelos campeões brasileiros e mundiais de stand up paddle, Ian Vaz e Caio Vaz, mais conhecidos como The Vaz Brothers.

Ian Vaz ministrando. Foto: Henrique Pinguim

Entre as participantes, tivemos desde campeãs da nova geração, como Barbara Rizzeto, Yanca Costa, Mariana Areno, Sofia Tinoco e Letícia Calleia, Sophia Abreu, campeã nacional de kitesurf, Jasmin Avelino, bicampeã brasileira de longboard. As bodyboarders, Ivana Brandão e Paola Simão

Mariana Areno em ação. Foto: Henrique Pinguim

A influenciadora Rachel Apollonio e a atriz Isabella Santoni, uma das principais incentivadoras do surfe no universo feminino, abrilhantaram o evento. Além de nomes como a waterwoman Marcela Witt, campeã de kite, wingfoil e primeira mulher a praticar kitesurf na Antártica.

Marcela Witt em ação. Foto: Henrique Pinguim

Essa foi a segunda parte do workshop, que no último dia 7 de março, contou com o treino de técnicas de apnéia com Ricardo Bahia, detentor do recorde no famoso Livro dos Recordes, aprimorando o tempo dos atletas para ficar embaixo da água.

Ricardo Bahia. Foto: Henrique Pinguim

A intenção, dos encontros foi de melhorar o desempenho das convidadas e proporcionar uma troca de experiências entre mulheres que ocupam lugares diferentes no surfe e esportes de mar, formando conhecimento e que cada vez mais elas tenham união, confiança e preparo nos dias de ondas de consequência.

Ian Vaz ministrando. Foto: Henrique Pinguim

Prêmio Brasileiro Ocyan de Ondas Grandes:

Um projeto que tem como objetivo eleger e premiar as maiores e mais impressionantes ondas surfadas no litoral brasileiro, no período de 1 ano , através de registros fotográficos e de vídeo nas modalidades de Surf, Tow-in, Kitesurf, Bodyboard, e Bodysurf.

Para acompanhar as ondas ou se inscrever acesse o site www.brasileirodeondasgrandes.com.br

Ivana Brandão em ação. Foto: Henrique Pinguim

As ondas deverão ser surfadas no Brasil entre o período de 01 de janeiro 2021 até 28 de março de 2022.

Premiação:

O evento irá oferecer mais de R$50.000,00 em premiação distribuídas nas suas 7 categorias.

Categorias:

PRÊMIO OCYAN ONDA DO ANO – Masculino
PRÊMIO OCYAN ONDA DO ANO – Feminino
MAIOR ONDA DO ANO
MAIOR VACA/TOMBO DO ANO
MELHOR ONDA DE BODYBOARD – Masculino
MELHOR ONDA BODYBOARD – Feminino
MELHOR ONDA KITESURF
MELHOR ONDA BODYSURF

Além da Ocyan, o prêmio conta com patrocínio da Interoceânica, apoio Lyra Navegação, Hotel BE Loft Lounge e K08, apoio de Mídia do Canal Woohoo, Surfguru e RicoSurf e organização Extreme Club e Kauza Marketing. Colaboração da Teccel e 021 Surf.

Reportagem: Guilherme Braga – Kauza Marketing

Edição Textos e Imagens: Edson “Adrena” Andrade

Tenha lindas artes exclusivas