Phil Rajzman, realizou doações de pranchas para o Grupamento de Guarda Vidas de Búzios.

Publicado por AdrenaNews 0

Continuamente trabalhando com projetos e ações sociais ligados ao surfe, Phil Rajzman, bicampeão mundial de longboard, realizou doação de pranchas para o Grupamento de Guarda Vidas de Búzios.

Phil Rajzman em ação. Foto: Enrico Bronzato

Dessa vez fez a entrega para o Grupamento de Guarda Vidas de Búzios, foi realizada na praia de Geribá em Búzios, Rio de Janeiro, onde foram entregues as três pranchas da marca Phil Rajzman Shapes. Duas delas são pranchas “hot-dogs” que o atleta produziu recentemente para competir no circuito buziano e a terceira uma de longboard, modelo “tank”, para pessoas de 150 a 200 quilos.

Phil Rajzman, doou 03 pranchas para os Guarda Vidas de Búzios. Foto: Gabriel Vilaça

“Essa última é uma prancha com volume muito boa para resgate, pois cabem duas pessoas fácil. A intenção é de facilitar o trabalho dos guarda-vidas, pois esses são excelentes equipamentos para que possam chegar rapidamente nas vítimas”, diz Rajzman.

Os equipamentos são muito úteis para que os profissionais possam chegar rapidamente nas vítimas, seja em alto mar ou na arrebentação. Essa não é a primeira vez que o bicampeão faz doação ao Guarda Vidas Búzios. No ano passado, o atleta, que reside na praia de Geribá, doou dezenas de bandeiras de sinalização. Elas são usadas para sinalizar as correntes marítimas de perigo. “Me preocupo bastante em ajudar porque o trabalho que fazem na prevenção e salvando vidas é de heróis mesmo”.

“O Phil é muito parceiro do Guarda Vidas Búzios. Ele sempre nos ajuda. Por exemplo, ele libera a casa dele para que todos nós possamos beber água e tomar uma ducha para tirar o sal do corpo após os resgates. Além de ter doado as bandeiras, em um momento em que estávamos necessitando muito para fazer a sinalização no último verão”, conta Rafael Fernandes, subcoordenador da Guarda Vida Búzios. “E, agora, Phil doou essas pranchas que são de uma utilidade imensa, essenciais na hora do socorro, ainda mais que são poucos socorristas para muitas vítimas, então, elas dão um suporte incrível. A pranchinha pequena é também muito usada porque nos dá maior velocidade. Quer dizer são equipamentos de suma importância, de grande utilidade”, finaliza.

Além dos treinos diários, clínicas (Surf Experiences) e trabalhos de ação social, Phil Rajzman se prepara o Mundial de Longboard, que começa no próximo mês. O carioca é um dos atletas de destaque da World Longboard Tour 2022, da World Surf League, que nesta temporada terá três etapas. A primeira será em Manly Beach, Sidney, New South, Austrália (16 a 24 de maio); depois em Huntingnton Beach, Califórnia, EUA (3 a 7 de agosto) e a final em Malibu, na Califórnia (3 a 13 de outubro). “Devo retornar ao Brasil umas duas vezes este ano, em junho e setembro, quando ocorrem as etapas da WSL no País”, finaliza o atleta.

Phil Rajzman em ação. Foto: Maria Lima

Sobre Phil Rajzman: Carioca, 39 anos, é bicampeão mundial de longboard em 2007 e 2016. O atleta da elite mundial tem o esporte em sua genética: é filho do medalhista olímpico de vôlei Bernard Rajzman, atual membro do membro do Comitê Olímpico Internacional (COI), e da ex-patinadora profissional Michelle Wollens. Rajzman é também empresário, produz suas próprias pranchas, já teve um programa de TV, participou de filmes e comanda projetos sociais no Rio de Janeiro. Tudo o que produz está relacionado ao esporte, bem-estar e ao lifestyle que o surfe proporciona. Rajzman protagonizou o filme Surf Adventures I e II (2002 / 2008), apresentou o programa ‘9 Pés’, no Canal Off (2014 a 2017); e idealizou e coordena, com sua esposa Julli, o Projeto Respirar, que oferece aulas de surfe, entre outras atividades, para crianças de baixa renda das comunidades do Rio de Janeiro. Também é padrinho do projeto Surf no Alemão, idealizado pelo surfista Wellington Cardoso, que transforma a realidade de dezenas de meninos e meninas desde 2011. Rajzman começou a pegar onda aos três anos de idade. Desde cedo foi reconhecido como uma das maiores promessas do surfe do país, tanto que, aos 13, conquistou seu primeiro pódio entre veteranos: 3º lugar no Circuito Nacional, categoria Iniciante. Aos 15 anos já era figura conhecida no mundo do surfe, impressionando com grandes performances em ondas gigantes no Havaí. Em seguida, começou a colecionar títulos. Atualmente reside em Búzios (RJ).

Mais informações sobre Phil, acessem o seu canal no Youtube: “Phil Good” youtube.com/user/rajzman1 ou no site do atleta www.philrajzman.com.br ou nas redes sociais: @philrajzman no Instagram e no Facebook.

Reportagem: Mércia Suzuki – Casa do Bom Conteúdo

Edição Textos e Imagens: Edson “Adrena” Andrade

Tenha lindas artes exclusivas
mag72