Onda Rosa – Recorde de inscritas, em Stella Maris.

Publicado por AdrenaNews 0

As meninas ouviram os apelos da Associação Baiana de Surf Feminino e já garantiram 90 inscritas, em 9 categorias do Onda Rosa.

Onda Rosa. Foto: Daniel Oliveira

A competição feminina que acontece nos dias 6 e 7 de novembro, na Praia de Stella Maris, terá diversas atrações dentro e fora da água. Com orgulho e uma alegria estampada nos olhos, uma das pioneiras do surf feminino de competição na Bahia, Carla Circenis anunciou, que o Onda Rosa terá recorde de inscritas em competições de surf feminino no Estado. “Estamos batendo o recorde de inscrições. Já temos 90 meninas entre as nove categorias em disputa”, revelou, radiante a organizadora do evento.

Onda Rosa. Foto: Luca Castro

Cicenis aproveitou para lembrar o apoio da Associação Baiana de Surf Feminino (ABASURFE) ao movimento das surfistas negras, que foi idealizado pela baiana Érica Prado, ex competidora dos campeonatos baianos. “Atualmente, a nossa representante é a Maria Eduarda, de 13 anos, que promete ser uma das revelações do evento”, apostou a veterana surfista.

Érica Prado em ação. Foto: Anna Verônica

O Onda Rosa será diferente das provas tradicionais de surf. O evento será disputado no mesmo formato das competições de ondas grandes, sem as traumáticas eliminações das competidoras antes do resultado final. Haverá disputas nas categorias estreantes e Open nas modalidades Short Board, Longboard, Bodyboard, Sub-14 Estreantes e Open Kids.

Carla Circenis. Foto: Rodrigo Calzone

Ao custo de R$ 20 mais três quilos de alimentos não perecíveis, as inscrições podem ser feitas através do link: https://linktr.ee/abasurfe. Todas as inscritas caem no mar em duas baterias e no final vence a que somar o maior número de pontos, o que só será conhecido na hora da premiação.

As meninas serão divididas em categorias, com baterias de 15 minutos, com quatro atletas. Serão computadas as duas melhores notas em cada bateria e somadas para obtenção do resultado final e formação do ranking. Mas a Onda Rosa, que teve o Vereador Alberto Braga como um dos maiores incentivadores, não será só competição.

Onda Rosa. Foto: Leo Lavine

Além das baterias da disputa, o Onda Rosa terá Clínica de Surf com prancha e bodyboard com vídeo análise, Curso de Arbitragem de Surf, Yoga, Dança, Pilates, Futebol, Oficinas de Compostagem e Coleta Seletiva, Recuperação de Restinga, música e muito surf. As atletas receberão atendimento, gratuito de quiropraxia, oferecido pela clínica Larmonie.

Além disto, o empoderamento feminino não para por aí. Toda a competição está sendo organizada e produzida por mulheres. Até a identidade visual do Onda Rosa foi criada por uma mulher. A designer e ilustradora, Gabriela David da Margô, uma nova marca voltada para o surf feminino que será lançada durante o Onda Rosa, em sociedade com a comunicadora Carolina Zalcbergas.

A realização do Onda Rosa é da Stella Surf School junto a Associação de Surf e Ecologia de Stella Maris (ASESM) que, também, é responsável pela supervisão técnica do evento que é homologado pela Federação Baiana de Surf (FBSurf). O patrocínio é da Prefeitura de Salvador através da Secretaria de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esporte e Lazer e do Vereador Alberto Braga e o apoio da Sudesb, que atendeu à solicitação da Federação Baiana de Surf (FBSurf) e colocou um ônibus para as atletas do Sul do Estado chegarem até Stella Maris, da Gráfica DPI, Complexo H23, Wari Pratas, Margô, Praiana Surf Wear, Barraca do Loro, Padaria Pão e Vinho, Açaí de Stella, Granola Tia Izaura, Clinica Larmonie, ShapeIT 3D, Shark Surf Board, Engenho do Corpo, Escola de Body-board Uri Valadão, Santo Sal, Telina, Owbi Biquinis, Nay Surf Clube, Donnas Paisagem, SOS Stella Maris e EsporteNaRede.

Reportagem: Miguel Brusell

Edição Textos e Imagens: Edson “Adrena” Andrade

Tenha lindas artes exclusivas
mag72