Oi STU Open Rio – Como foi o domingo decisivo na Barra da Tijuca.

Publicado por AdrenaNews 0

As finais foram encerradas neste domingo em grande estilo do maior campeonato de skate da América Latina. Felipe Nunes, Rayssa Leal, Lucas Rabelo, André Mariano, Lilly Stoephasius venceram em suas categorias e modalidades o Oi STU Open Rio.

Rayssa Leal em ação. Foto: Pablo Vaz – Oi STU Open Rio

As altas temperaturas deste domingo, dia 5, não desanimaram o público que marcou presença na Praça Duó, Barra da Tijuca para conferir as finais do Oi STU Open Rio. Os trabalhos iniciaram com as finais do paraskate na pista de street com vitória de Felipe Nunes.

Felipe Nunes em ação. Foto: Vinicius Branca – Oi STU Open Rio

Seguido por Tony Alves e João Lucas Alves, com arquibancadas cheias, os atletas deram show de manobras e levantaram os fãs que vibraram a todo tempo com os skatistas que mesmo com suas deficiências, mostraram um alto nível técnico.

Pódio Paraskate Street. Foto: Vinicius Branca – Oi STU Open Rio

Na pista de Park, André Mariano surpreendeu e conquistou o primeiro lugar pela primeira vez. Já entre as meninas, a alemã Lilli Stoephasius ficou no lugar mais alto do pódio. Na pista de Street, Lucas Rabelo ficou com a melhor e entre as meninas, Rayssa Leal levou o troféu de campeã.

André Vinicius Mariano em ação. Foto: Vinicius Branca – Oi STU Open Rio

O dia começou com as atletas de Park na pista. Em uma bateria com grandes nomes da modalidade, a alemã Lilly Stoephasius conseguiu acertar sua terceira volta e tirou 60.33. Com apenas 14 anos, Lilly Stoephasius enfrentou sua primeira final nesta edição do Oi STU Open Rio e, logo na estreia, conseguiu o primeiro lugar.

Lilly Stoephasius em ação. Foto: Pablo Vaz – Oi STU Open Rio

“Sempre sonhei em correr aqui no Park, e hoje foi incrível. A plateia estava enorme, muito animada e eles me ajudaram muito a ser finalista. É como um sonho que se tornou realidade. Na primeira volta eu quis apostar em algo mais seguro, e eu estou feliz por ter feito isso. Na segunda eu fiz algumas correções e já estava bem feliz. Agora, ficar em primeiro lugar é o topo”, comemorou Lilly.

Pódio Feminino Park. Foto: Vinicius Branca – Oi STU Open Rio

Em segundo lugar, Dora Varella, seguida por Yndiara Asp, Isadora Pacheco, Victoria Bassi, Raicca Ventura, Emily Antunes e Mariana Brauner.

Dora Varella em ação. Foto: Pablo Vaz – Oi STU Open Rio

Na sequência foi a vez dos meninos entrarem na pista. O favorito, Pedro Barros, conquistou 84.33 pontos logo na primeira volta, mas acabou caindo e precisou sair da disputa. Ele terminou a final em segundo lugar. Os irmãos Luiz Francisco “Luizinho” e André Vinicius Mariano, disputaram a primeira final juntos e mandaram muito nas suas voltas.

Pódio Masculino Park. Foto: Vinicius Branca – Oi STU Open Rio

Para a felicidade do irmão mais velho, André conquistou o primeiro lugar em sua estreia como finalista do circuito. Com 86.33 pontos na última volta, ele abraçou o troféu de campeão e comemorou muito com todos os skatistas. “Não estava esperando tanto resultado, eu vim mais para curtir, mostrar o que eu sei fazer, e acabei conseguindo vencer essa etapa! Realmente não consigo explicar o que estou sentindo agora. Fazer a primeira jogada com o meu irmão e sair campeão dessa etapa é inexplicável, não sei o que dizer, só quero agradecer em quem acreditou em mim e obrigado”.

A tarde continuou com disputas, agora na pista de street. Lucas Rabelo, vice-campeão do Mundial de Skate Street e medalha de ouro nos Jogos Pan-americanos Júnior, faturou o título da categoria, e liderou a disputa desde o início.

Lucas Rabelo em ação. Foto: Pablo Vaz – Oi STU Open Rio

“Tem sido um ano maravilhoso para mim. Eu gosto de botar um foco em tudo o que eu faço para batalhar por isso. Quando fiquei sabendo que ia ter esse campeonato em casa, no Rio de Janeiro, onde eu me sinto totalmente em casa, é aí mesmo que vou querer fazer bonito. Estou feliz com meu skate, consegui andar solto, e usei as manobras que já tinha em mente. É muito, é muito incrível poder ganhar em casa.”, finaliza, Rabelo.

Lucas Rabelo foi o único que conseguiu mais de 26 pontos e também faturou a maior nota do evento. Eduardo Neves e Lucas Alves Xuxu completaram o pódio do Street masculino.

Pódio Masculino Street. Foto: Vinicius Branca – Oi STU Open Rio

E para fechar com chave de ouro a quarta edição do Oi STU Open Rio, Rayssa Leal foi a melhor do dia e levou o troféu para casa. Ela liderou a disputa e subiu ao pódio ao lado de Pâmela Rosa e Virgínia Fortes.

Pódio Feminino Street. Foto: Vinicius Branca – Oi STU Open Rio

“A torcida brasileira é diferenciada, é muito bom andar em casa, perto do público. Hoje ouvi minha mãe, ela falou que tinha que ter um Flip rock e eu fui lá e consegui. Só posso comemorar”, explica Rayssa Leal, medalha de prata nos Jogos Olímpicos.

O título foi uma disputa particular entre Rayssa Leal e Pâmela Rosa, somente decidida nas ultimas voltas das skatistas que nos últimos eventos vem dividindo, os lugares mais alto do pódio.

Pâmela Rosa em ação. Foto: Pablo Vaz – Oi STU Open Rio

Mais do que uma competição:

E como o Oi STU Open Rio foi mais do que uma competição de skate, a quarta edição do evento ainda contou com um line up com artistas contemporâneos de destaque que se apresentaram todos os dias após as competições. Bivolt, Tassia Reis, Febem, Ashira, Tasha&Tracie, DeadFish e BNegão foram alguns nomes que animaram ainda mais o público. O comando das pistas ficou com as minas. Destaque para as Djs: Tamy, Diana Bouth, Priscila Dau e Pauly. A curadoria musical do evento é do DJ Tamenpi.

Como foi assistir:

O público acompanhou de perto cada movimento das principais estrelas da cena solicitando seus ingressos gratuitos na plataforma Sympla. Cada ingresso foi individual e válido para apenas um dia. Pais poderam retirar até dois ingressos para crianças menores de 12 anos. Aqueles que, mesmo à distância, não querem perder a competição, a Plataforma STU fechou uma parceria inédita com o TikTok, plataforma global de entretenimento, que será responsável pela cobertura completa de todos os dias do evento. Além das manobras com narração e comentários exclusivos, os fãs da cultura urbana ainda poderão se divertir com os shows ao final de cada dia de disputa.

Confira abaixo a classificação final:

Final Park Masculino:

André Vinicius 86.33
Pedro Barros 84.33
Augusto Akio 82.77
Gui Khury 81.17
Mateus Hiroshi 81.00
Kalani Konig 75.90
Luiz Francisco Mariano 73.00
Pedro Quintas 63.33

Final Park Feminino:

Lilly Stoephasius 60.33
Dora Varella 56
Yndiara Asp 54.35
Isadora Pacheco 53
Victoria Bassi 47.33
Raicca Ventura 46.33
Emily Antunes 40.67
Mariana Brauner 26.33

Final Street Masculino:

Lucas Rabelo 25.64
Eduardo Neves 23.59
João Lucas Alves 22.61
Julio Zanotti 20.94
Wilton Souza 14.40
Vinicius Costa 10.33
Pablo Cavalari 10.29
Victor Hugo 05.93

Final Street Feminino:

Rayssa Leal 16.30
Pâmela Rosa 15.56
Virgínia Fortes 12.80
Kemilly Suiara 08.64
Gabi Mazetto 05.95
Ariadne Souza 02.86
Marina Gabriela 02.41
Giovana Dias – não competiu

Sobre BV: O Banco BV entrou no esporte brasileiro em 2018 com o apoio a atletas renomados, entre eles Bob Burnquinst. Foi com este ícone do esporte mundial que o banco começou sua relação com o skate, com a reforma de pistas públicas pelo país. Depois, o banco apoiou o principal circuito profissional de skate do Brasil, o STU Qualifying Series, em 2019, e foi patrocinador dos campeonatos mundiais de skate Street e Park, realizados em São Paulo, também em 2019. Além disso, patrocina os atletas de alto rendimento Kelvin Hoefler, Pâmela Rosa, Yndiara Asp e Murilo Peres. Agora, o banco dá mais um passo com o patrocínio máster do STU, principal plataforma esportiva e comportamental especializada em skate do mundo. O patrocínio será feito com recursos próprios e o banco pretende se conectar ainda mais com o público jovem, que já usa a conta digital BV. Dessa forma, o banco diversifica suas linhas de negócio e contribui para a popularização e profissionalização do skate.

Sobre o TikTok: O TikTok é o destino líder para vídeos curtos em dispositivos móveis. Nossa missão é inspirar criatividade e trazer alegria. O TikTok possui escritórios globais, incluindo Los Angeles, Nova York, Londres, Paris, São Paulo, Berlim, Dubai, Mumbai, Cingapura, Jacarta, Seul e Tóquio.

Sobre a Plataforma STU: A plataforma STU conecta e potencializa os movimentos do skate nacional. Além de promover algumas das principais competições do Brasil e do mundo, criamos e distribuímos conteúdos que valorizam a cena urbana nacional, com impacto positivo por todo o Brasil através de ações de inclusão social e construção, ampliação e reformas de pistas de skate.

Para outras informações:

https://www.skatetotalurbe.com.br/

https://www.instagram.com/skatetotalurbe/  

O Oi STU Open Rio chegou fortalecido nesta quarta edição pela parceria com o Banco BV na apresentação do evento, uma marca que tem investido muito no potencial do skate. Além disso, a Oi, parceira do evento já em outras edições, seguiu com a assinatura de naming right e o evento teve ainda o patrocínio da TNT Energy Drink, apoio institucional da Riotur e da Prefeitura do Rio, além do apoio da New Era e Dropdead. O OI STU OPEN RIO foi viabilizado pela Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude, através da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte. Já o TikTok, plataforma de comunicação virtual, que assinou como media partner oficial.

Reportagem: Gabriela Murad – InPress / Porter Novelli

Edição Textos e Imagens: Edson “Adrena” Andrade

Tenha lindas artes exclusivas