Oi Longboard Pro – Será encerrado em Novembro na Praia de Maresias.

Publicado por AdrenaNews 232 views0

As principais estrelas do Longboard da América do Sul, já confirmaram suas participações na última etapa do Oi Longboard Pro, que será realizado entre os dias 8 e 10 de novembro na Praia de Maresias, em São Sebastião, no litoral norte de São Paulo. Mas, as inscrições seguem abertas no sistema online do www.wsllatinamerica.com com vagas disponíveis em todas as categorias.

Chloé Calmon em ação. Foto: Pedro Monteiro – Oi

O Oi Longboard Pro, serão definidos os campeões da temporada 2019 da WSL Latin America. Os bicampeões mundiais, Phil Rajzman e o peruano Piccolo Clemente, bem como a líder do ranking 2019 da World Surf League, Chloé Calmon, serão as principais atrações nas ondas da Praia de Maresias.

Phil Rajzman em ação. Foto: Pedro Monteiro – Oi

Piccolo Clemente, já tem três troféus de melhor longboarder da América do Sul no currículo, enquanto Chloé busca o primeiro dela, já que as três únicas disputas de títulos sul-americanos femininos, foram vencidas pela pernambucana Atalanta Batista. O Oi Longboard Pro voltou a promover eventos internacionais da modalidade no Brasil, que não aconteciam há muitos anos, realizando duas etapas em 2019, combinadas com o Oi Pro Junior Series.

Piccolo Clemente em ação. Foto: Pedro Monteiro – Oi

A primeira foi na estreia deste novo evento patrocinado pela Oi, com Piccolo Clemente e Chloé Calmon festejando vitórias na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. Na decisão do título masculino, o peruano derrotou o capixaba Alexandre Escobar, enquanto o atual campeão sul-americano, Phil Rajzman, só passou uma bateria em casa e terminou em quinto lugar.

Alexandre Escobar em ação. Foto: Pedro Monteiro – Oi

Na final feminina, Chloé impediu uma dobradinha peruana no alto do pódio, conquistando sua primeira vitória no Circuito Sul-americano de Longboard da WSL Latin America, sobre Maria Fernanda Reyes. A atual tricampeã sul-americana, Atalanta Batista, perdeu para Chloé e Jasmim Avelino, a batalha por vagas nas semifinais e ficou em quinto lugar, como Phil Rajzman.

Atalanta Batista em ação. Foto: Pedro Monteiro – Oi

IGUALDADE DE GÊNEROS – O Oi Longboard Pro são um dos primeiros eventos realizados no Brasil com o princípio da igualdade de gêneros, incentivado pela World Surf League. Em todas as etapas, a premiação da categoria feminina é a mesma oferecida para a masculina. Os campeões e as campeãs de cada prova do Pro Junior e do Longboard, por exemplo, ganham 1.200 dólares. Os vice-campeões e vice-campeãs, recebem 600 dólares e os eliminados (as) nas semifinais, levam 300 dólares pelo terceiro lugar.

O Oi Longboard Pro é uma realização da World Surf League Latin America com patrocínio da Oi como naming rights e da Subway, com todas as quatro etapas contando com o portal Waves como parceiro de mídia e sendo transmitidas ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pelo www.waves.com.br.

A OI E O ESPORTE – A Oi acredita no potencial de transformação do esporte e patrocina grandes eventos esportivos como o Oi Rio Pro, Oi Pro Junior Series – voltado para a categoria de base do surfe – e Oi STU Open. Além de apoiar atletas de diferentes modalidades, como os surfistas Gabriel Medina, Italo Ferreira, Filipe Toledo, Silvana Lima, Adriano de Souza, Tatiana Weston-Webb, Davizinho, Tainá Hinckel e os skatistas Pedro Barros e Leticia Bufoni, a companhia acelera, em parceria com o Instituto Ekloos e apoio do Oi Futuro, cinco projetos de surfe na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, que são voltados para a população local. A Oi também patrocina a equipe de judô Oi Sogipa, no Rio Grande do Sul.

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE – A World Surf League (WSL) tem como objetivo celebrar o melhor surfe do mundo nas melhores ondas do mundo, através das melhores plataformas de audiência. A Liga Mundial de Surf, com sede em Santa Mônica, na Califórnia, atua em todo o globo terrestre, com escritórios regionais na Austrália, África, América do Norte, América do Sul, Havaí, Europa e Japão. A WSL vem promovendo os melhores campeonatos do mundo desde 1976, realizando mais de 230 eventos globais masculinos e femininos no ano para definir os campeões mundiais do World Surf League Championship Tour, Big Wave Tour, Redbull Airborne, Qualifying Series e das categorias Junior e Longboard, além do WSL Big Wave Awards. A Liga tem especial atenção para a rica herança do esporte, enquanto incentiva a progressão, inovação e desempenho nos mais altos níveis, para coroar os campeões de todas as divisões do Circuito Mundial. Os principais campeonatos de surf do mundo são transmitidos ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pelo aplicativo grátis da WSL. A World Surf League é pioneira em streaming online para uma enorme legião de fãs apaixonados e interessados em ver as grandes estrelas, como Kelly Slater, Stephanie Gilmore, John John Florence e muitos brasileiro, como Gabriel Medina, Adriano de Souza, Filipe Toledo, Italo Ferreira, Silvana Lima, Tatiana Weston-Webb, competindo no campo de jogo mais dinâmico e imprevisível de todos os esportes no mundo. Para mais informações, visite o WorldSurfLeague.com.

Reportagem: João Carvalho

Edição: Edson Andrade

Tenha lindas artes exclusivas
mag72