Filipe Toledo defende outra boa atuação no Surf Ranch, após susto no Japão

Publicado por AdrenaNews 0

Depois do susto no ISA World Surfing Games no Japão, o brasileiro Filipe Toledo diz estar pronto para enfrentar e repetir uma boa atuação no Surf Ranch, para defender a liderança do ranking do Championship Tour (CT). O surfista vem fazendo um tratamento intensivo para as dores na região lombar e estreia nesta sexta-feira (20) no Freshwater Pro, a oitava etapa do Circuito Mundial, na piscina de ondas, com boas expectativas.

Filipe Toledo em ação. Foto: Divugação WSL

Afinal, nos dois eventos oficiais realizadas pela World Surf League (WSL), Filipinho foi sempre muito bem. Na estreia, na Founders Cup, em maio do ano passado, fez a maior somatória individual, com incríveis 19,40 pontos, tendo o primeiro e único dez dos juízes no Surf Ranch, para ganhar um Jeep 0k, ajudando o Brasil a ser o vice-campeão. Depois, em setembro foi o segundo colocado na primeira vez que a famosa piscina de ondas criada por Kelly Slater abrigou uma etapa do CT, com direito à maior nota entre todos, um 9,80, chegando perto da perfeição.

Filipe Toledo em ação. Foto: Divugação WSL

“Estou melhorando e continuo tratando. Esse trabalho é lento e precisa ser contínuo, senão as dores podem voltar. Estou melhor e acredito estar bem para a etapa”, revela Filipinho, em relação às fortes dores que o obrigaram a se retirar do ISA Games depois de garantir a maior média naquele momento e ao tratamento iniciado com o quiroprata Terry Romine. “Podem esperar meu melhor sempre! Às vezes não conseguimos, mas sempre vou com desejo de vitória”, anuncia.
Segundo ele, o tipo de onda no Surf Ranch exige muito do atleta e com as mudanças estabelecidas pode haver um equilíbrio maior entre os atletas. “Você não pode parar de trabalhar a prancha, portanto preciso estar bem. A onda teve mudanças e isso pode emparelhar ainda mais as disputas, mas quem conhece mais, terá mais facilidade”, comenta o surfista, que tem os patrocínios da Hurley, Oi, Monster, Nike, Oakley, Jeep, GoPro, SumBum, Smoothstar, Stance, Sharp Eye Surfboards e FCS.

Atual líder do ranking, ele sabe que a etapa tem grande importância pelo Circuito se encaminhar para a reta final e não esconde o planejamento de conquistar uma das duas vagas olímpicas que o Brasil tem direito. “Toda etapa é chave. Precisa ganhar ou chegar perto dos primeiros colocados, caso contrário não chega ao final disputando o título. Os Jogos Olímpicos são uma meta e se o título vier, a vaga virá como consequência”, admite.

Filipe Toledo em ação. Foto: Divugação WSL

“Meu desejo é também conseguir ir bem em toda a perna europeia e isso me ajudará bastante a chegar numa possível disputa de título no Havaí”, completa o atleta, que aparece em primeiro lugar no CT e tem como melhores resultados a vitória na etapa de Saquarema, o segundo lugar em Bells Beach, na Austrália, o terceiro em JBay, na África do Sul, e o quinto em Bali, Indonésia.

Reportagem: Fábio Maradei – FMA

Edição: Edson Andrade

Tenha lindas artes exclusivas
mag72