Corona Vírus – World Surf League, cancela e suspende vários eventos.

Publicado por AdrenaNews 191 views0

Devido à rápida evolução de situações com o COVID-19 e visando a segurança dos nossos atletas, fãs e colaboradores, a World Surf League (WSL) tomou a decisão de cancelar todos os eventos do mês de março.

Etapa na Gold Coast também foi cancelado. Foto: Kelly Cestari – WSL

Que ainda não foram iniciados, em qualquer nível do Tour. Entre eles a etapa de abertura do Championship Tour (CT) 2020 na Gold Coast, Austrália. Até o QS 1000 Papara Pro Open, que ia acontecer neste último fim de semana no Taiti.

Esta decisão foi baseada em orientações da Organização Mundial de Saúde, que declarou que o COVID-19 é agora uma pandemia global, bem como os Centros de Controle e Prevenção de Doenças, governos e autoridades locais de saúde pública dos países onde nossos eventos iriam acontecer neste mês de março.

“O coronavírus está tendo enormes consequências para eventos esportivos e reuniões de todos os tipos em todo o mundo, e não somos diferentes”, disse o CEO da WSL, Erik Logan. “Não tomamos essa decisão facilmente, pois sabemos que ela tem um impacto significativo na comunidade do surf. No entanto, a saúde e a segurança de nossos atletas, fãs e funcionários são fundamentais. Do ponto de vista da responsabilidade social, também levamos muito a sério o papel que nossos eventos podem desempenhar na aceleração da propagação do vírus. Estamos em contato próximo com nossos atletas e sentimos fortemente que esta é a coisa certa a se fazer no momento”.

“O fluxo natural dessa situação, está nos forçando a avaliar as coisas dia a dia e até hora a hora”, disse Erik Logan. “À medida que isso continua a evoluir, continuaremos a nos adaptar, tentando tomar a próxima decisão correta todos os dias. Com base nas informações que temos no momento, não estamos cancelando nenhum evento além desse período. A situação continua a evoluir e estamos monitorando e avaliando de perto o status de nossos próximos eventos, incluindo a segunda etapa do CT em Bells Beach, Victoria, na Austrália”.

A WSL está considerando cuidadosamente o impacto desses cancelamentos em nosso Tour e forneceremos mais informações em seu devido tempo.

Para todos os eventos atualmente em andamento, são implementadas uma série de protocolos de segurança, além de diretrizes de proteção para atletas e nosso staff. Isso inclui informações sobre orientações e restrições de viagem, para que qualquer pessoa que viaje, possa planejar suas rotas para nossos eventos e limitar sua potencial exposição; instalações adicionais para lavagem e higienizadores para as mãos nos eventos; e minimizar as interações entre surfistas e fãs.

Já a WSL Latin America se reuniu com os promotores das próximas etapas na América do Sul e todos concordaram em adiar os eventos programados para o primeiro semestre. Nenhum foi cancelado, mas adiados para serem realizados ainda nesta temporada de 2020. Na lista estão etapas do WSL Qualifying Series masculino e feminino, da categoria Pro Junior e do Longboard, marcadas no Brasil, Argentina e Chile, todas valendo pontos para o ranking mundial e para o regional, que define os campeões sul-americanos da temporada. O Oi Rio Pro em Saquarema em junho, segue confirmado pela WSL.

Filipe Toledo tricampeão no Oi Rio Pro. Foto: Damien Poullenot – WSL

“A saúde e integridade dos atletas e do staff dos eventos, é prioridade para a WSL”, destacou Ivan Martinho, CEO da WSL Latin America. “Estamos acompanhando de perto os desdobramentos do COVID-19 em todos os territórios, avaliando seus impactos e tivemos várias reuniões hoje (sexta-feira) com os organizadores dos nossos próximos eventos. Todos também demonstraram preocupação com o que está acontecendo no mundo. O bom é que nenhuma etapa será cancelada e, em conjunto, encontraremos novas datas, para quando a situação estiver mais normalizada”.

Ivan Martinho alerta a importância de se levar em consideração, que está havendo uma escalada no número de contágios por toda a América Latina e alguns governos estão recomendando evitar eventos com muita aglomeração de pessoas. A WSL já anunciou na quinta-feira, que nenhum evento será realizado neste restante do mês de março, inclusive cancelando a etapa de abertura do World Surf League Championship Tour 2020, que estava marcada para começar no dia 26 na Gold Coast, Austrália.

Esta decisão foi baseada em orientações da Organização Mundial de Saúde, que declarou que o COVID-19 é agora uma pandemia global, bem como os Centros de Controle e Prevenção de Doenças, governos e autoridades locais de saúde pública dos países onde os eventos iriam acontecer. Outros esportes, como futebol, basquete, automobilismo, também estão cancelando ou adiando seus eventos, pelo mesmo motivo.

A WSL também informa que já foi implementado uma série de protocolos de segurança para todos os eventos, além de diretrizes de proteção para atletas e nosso staff. Isso inclui informações sobre orientações e restrições de viagens, buscando limitar ao máximo a exposição de todos ao COVID-19, minimizando as interações entre surfistas e fãs. Os eventos passarão a ter instalações adicionais para lavagem e higienizadores para as mãos.

Lista de eventos atualmente cancelados ou adiados:

QS 1000 Papara Pro Open Tahiti, Polinésia Francesa – cancelado
Piha Pro Junior, Nova Zelândia – adiado
Corona Piha Pro Challenger Series, Nova Zelândia – adiado
QS 3000 Seat Pro Netanya, Israel – adiado
QS 3000 Barbados Surf Pro, Barbados – adiado
WSL Awards – Festa anual de premiação – adiado
CT Corona Open Gold Coast, Austrália – cancelado
Red Bull Airborne Gold Coast, Austrália – cancelado
QS 1500 Jack’s Surfboards Pro, EUA – adiado
Longboard Pro Espinho, Portugal – adiado
QS 3000 Caparica Surf Fest Pro, Portugal – adiado
QS 3000 Krui Pro, Indonésia – adiado
QS 3000 Central Japan Open, Japão – adiado

Lista dos eventos adiados pela WSL Latin America:

– Rip Curl Pro Playa Grande com QS 1500 masculino e QS 1000 feminino em Mar del Plata, Argentina, que estava marcado para os dias 08 a 11 de abril

– Oi Pro Junior Series e Oi Longboard Pro masculino e feminino na Praia de Stella Maris, em Salvador, Bahia, que iria acontecer nos dias 17 a 19 de abril

– Portonave Navegantes Pro com QS 1500 masculino em Navegantes, Santa Catarina, que ia estrear no Circuito Mundial da WSL nos dias 14 a 17 de maio

– Heroes de Mayo Iquique Pro com QS 3000 masculino, QS 1500 feminino e Pro Junior nas duas categorias em Iquique, no Chile, que estava agendado nos dias 18 a 24 de maio

– Maui and Sons Arica Pro Tour com QS 3000 masculino em Arica, no Chile, que estava fechando essa série de eventos de maio nos dias 26 a 31

SOBRE A WSL – A World Surf League (WSL), criada em 1976, é a principal plataforma do surf e dos surfistas no mundo inteiro. A WSL está dedicada a mudar o mundo através do poder inspirador do surf, criando eventos, experiências e narrativas autênticas para inspirar a comunidade global a viver um lifestyle com dedicação, originalidade e entusiasmo. A World Surf League é uma organização global e sua sede principal é em Santa Monica, Estados Unidos, com escritórios regionais para a América do Norte, América Latina, Europa, África, Ásia, Australasia e Hawaii. A WSL tem uma profunda apreciação pela rica herança do surf, promovendo progressão, inovação e performance nos níveis mais altos do esporte. A WSL é composta por Circuitos e Eventos, celebrando os melhores surfistas do mundo em todas as modalidades, realizando anualmente mais de 180 campeonatos globais para coroar os campeões mundiais em todas as divisões; pela WSL WaveCO, onde a inovação encontra experiências inéditas; e pela WSL Studios, que oferece as melhores narrativas através das competições, lifestyle e conservação. Para mais informações, visite WorldSurfLeague.com

Reportagem: João Carvalho – WSL Latin America

Edição: Edson Andrade

Tenha lindas artes exclusivas
mag72