Começou o Surf nos Jogos Olímpicos. Italo Ferreira vence e já está nas Oitavas de Final

Publicado por AdrenaNews 0

Enfim chegou o grande dia da estreia do surf nos Jogos Olímpicos. Italo Ferreira com notas 7.00 e 6.67, venceu a bateria de estreia, com Hiroto Ohhara, terminando em segundo.

Italo Ferreira em ação. Foto: Ben Reed – ISA

Nesta manhã nas boas de Shidashita, Praia de Tsurigasaki, em Chiba, pico localizado a 60 quilômetros de Tóquio, capital japonesa, começou o sonho das medalhas para os surfistas, com vitória brazuca.

Tsurigasaki Beach. Foto: Divulgação Tokyo 2020

Domingo 25/07 – Sábado, 24 de julho- Horário de Brasília

Às 7h (no Brasil, Sábado dia 24/07 às 19h): Estreia de Italo Ferreira nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020

Italo Ferreira em ação. Foto: Pablo Jimenez – ISA

Às 9h40 (no Brasil, Sábado dia 24/07 às 21h40): Estreia de Gabriel Medina nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020

Gabriel Medina em ação. Foto: Ben Reed – ISA

Primeiro Round Masculino – 19:00h

1- Italo Ferreira (BRA), Leonardo Fioravanti (ITA), Hiroto Ohhara (JAP) , Leandro Usuna (ARG)
2- Kanoa Igarashi (JAP), Jeremy Flores (FRA), Miguel Tudela (PER) , Billy Stairmand (NZL)
3- Kolohe Andino (USA), Julian Wilson (AUS), Lucca Mesinas (PER) , Rio Waida (IND)
4- John John Florence (USA), Owen Wright (AUS), Manuel Selman (CHI) , Ramzi Boukhiam (MAR)
5- Gabriel Medina (BRA), Michel Bourez (FRA), Leon Glatzer (ALE) , Carlos Munoz (CRC)

Gabriel Medina e Italo Ferreira. Foto: Pablo Jimenez – ISA

Às 11h40 (no Brasil, Sábado dia 24/07 às 23h40): Estreia de Silvana Lima nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020

Silvana Lima em ação. Foto: Sean Evans – ISA

Às 12h20 (no Brasil, Domingo dia 25/07 às 00h20): Estreia de Tatiana Weston-Webb nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020

Tatiana Weston Webb em ação. Foto: Sean Evans – ISA

Primeiro Round Feminino – 22:20h:

1- Carissa Moore (EUA), Teresa Bonvalot (POR), Daniella Rosas (PER) , Dominic Barona (EQU)
2- Sally Fitzgibbons (AUS), Brisa Hennessy (CRI), Mahina Maeda (JAP) , Bianca Buitendag (AFR)
3- Stephanie Gilmore (AUS), Silvana Lima (BRA), Pauline Ado (FRA), Anat Lelior (ISR)
4- Tatiana Weston-Webb (BRA), Johanne Defay (FRA), Amuro Tsuzuki (JAP), Sofía Mulanovich (PER)
5- Caroline Marks (EUA), Yolanda Sequeira (POR), Leilani McGonagle (CRI) e Ella Williams (NZL)

Tatiana Weston-Webb e Silvana Lima. Foto: Kelly Cestari – WSL

Round 2 da categoria masculina – 01:40h da madrugada
Round 2 da categoria feminina – 03:00h da madrugada

Italo Ferreira, Silvana Lima, Gabriel Medina e Tatiana Weston-Webb. Foto: Divulgação COB

ONDE ASSISTIR:

As Olimpíadas de Tóquio serão transmitidas no Brasil pela Globo, na TV aberta, e por SporTV e BandSports entre os canais por assinatura.

Veja o que cada emissora prepara para a cobertura olímpica:

Globo: Com exclusividade na TV aberta, a Globo prepara uma cobertura especial para os Jogos. A emissora terá cerca de 12 horas de programação exclusiva ao evento. A faixa de horário de exibição será das 22 horas até as 11 horas do dia seguinte. Por causa da pandemia, a emissora diminuiu o número de profissionais que viajarão ao Japão para a cobertura olímpica. Serão 50 pessoas

SporTV: A SporTV vai oferecer quatro canais simultâneos de exibição das modalidades olímpicas e mais 45 sinais livres nos aplicativos da Globo e da GloboPlay. O canal também reforçou a equipe de comentaristas. Além do seu time tradicional, contará com alguns ex-atletas como o ex-boxeador Popó, a ex-jogadora de basquete Janeth Arcain, Serginho, do vôlei, além dos ex-nadadores Joanna Maranhão e Thiago Pereira. A transmissão olímpica da SporTV também contará com programas especiais criados para a cobertura da competição, como o “Ohayo Tóquio”, que abrirá os dias no canal e será comandado por Marcelo Barreto e o técnico de vôlei Bernardinho.

BandSports: Único canal com direito de transmissão fora do Grupo Globo, a BandSports também terá uma cobertura especial em Tóquio. O canal fechado do Grupo Bandeirantes ficará 24 horas ao vivo com conteúdo focado nos Jogos Olímpicos. Elia Júnior, Glenda Kozlowski e Álvaro José participarão diretamente de Tóquio. Além disso, o canal terá um programa especial, o “Pódio BandSports”, com a participação de medalhistas olímpicos comentando as disputas e a participação dos atletas brasileiros. Entre os comentaristas estarão o ex-judoca Henrique Guimarães, os ex-jogadores de vôlei Fofão e Marcelo Negrão, além das gêmeas Bia e Branca, que se destacaram no nado artístico.

Canal Olímpico do Brasil: O Canal Olímpico do Brasil, lançado em dezembro de 2020 em uma parceria entre o Comitê Olímpico do Brasil (COB) e a TV NSports, o canal tem como objetivo ampliar o alcance do esporte olímpico no país, fortalecendo sua imagem e permitindo a captação de novas receitas para as Confederações. O canal trará entre transmissões ao vivo, programas, reportagens e quadros especiais dedicados as modalidades olímpicas.

Além de democratizar o acesso ao melhor do esporte olímpico nacional, o Canal Olímpico do Brasil possibilita que os fãs acompanhem os atletas brasileiros nas principais competições dos Jogos de Tóquio e também em seu dia a dia. O Canal é multiplataforma, oferecendo acesso por desktop, mobile, smart TV e web app.

Reportagem: Edson “Adrena” Andrade (Fontes: COB, CBSurf, UOL Esportes, Tóquio 2020)

Edição: Textos e Imagens: Edson “Adrena” Andrade

Tenha lindas artes exclusivas
mag72