Circuito Banco do Brasil de Surfe – Começa nesta quinta-feira 2ª etapa válida para o QS 2022.

Publicado por AdrenaNews 0

Começa nesta quinta-feira em Salvador a 2ª etapa do Circuito Banco do Brasil de Surfe. Será a vez dos jovens surfistas do Nordeste disputarem até domingo pontos preciosos para o WSL Qualifying Series 2022.

Juliana dos Santos em ação. Foto: Daniel Smorigo

 A competição será transmitida ao vivo da Praia de Stella Maris pela primeira vez no aplicativo TikTok e pelo WorldSurfLeague.com, pelo WSL app, pelo YouTube da WSL

Além de incentivar as gerações futuras do surfe nacional, atletas profissionais também participarão desta 2ª etapa, que promete agitar a Praia de Stella Maris, a 27 km do Centro da capital baiana. Entre os atrativos, as três etapas são realizadas com princípio de igualdade na premiação para homens e mulheres, instituída pela WSL desde a temporada 2019.

Isabelie Nalu em ação. Foto: Daniel Smorigo

Stella Maris é uma praia de aguas cristalinas com ondas fortes, rodeada por coqueirais e vegetação nativa, e um dos mais conhecidos “picos” para quem pratica surfe. Esse será o cenário da segunda etapa do Circuito Banco do Brasil de Surfe, temporada 2022 do World Surf League (WSL) Qualifying Series. De 12 a 15 de maio,

“Investir no surfe é remar junto” é o lema do Circuito Banco do Brasil de Surfe, que oferece um incentivo a mais aos participantes. Além dos pontos nos rankings regionais da WSL Latin America, quem ficar em primeiro lugar nos rankings masculino e feminino das três etapas, receberá um convite (wildcard) para participar do único Challenger Series na América Latina esse ano, o Corona Saquarema Pro apresentado pelo Banco do Brasil, em novembro.Outro fator que empolgou aos atletas é que os campeões dos rankings masculino e feminino ganharão um convite (wildcard) especial para participar da única etapa do Challenger Series no país em 2022, o Corona Saquarema Pro apresentado pelo Banco do Brasil, em novembro, no Rio de Janeiro.

Leo Casal em ação. Foto: Daniel Smorigo

COLETIVA DE IMPRENSA: Alguns destaques do Circuito Banco do Brasil de Surfe estiveram na coletiva de imprensa na tarde desta quarta-feira, na área vip da arena do evento em Stella Maris. Foram quatro surfistas convidados, uma das promessas da nova geração, Juliana dos Santos, uma das atletas patrocinadas pelo BB Asset Management; a bicampeã sul-americana Pro Junior e vencedora da primeira etapa em Garopaba, Tainá Hinckel; o atual campeão mundial Pro Junior da WSL, Lucas Vicente, e o talentoso Ryan Kainalo, de apenas 16 anos, que vem de um vice-campeonato na etapa do Qualifying Series encerrada no sábado (7), em Galápagos, Equador.

Juliana dos Santos, Lucas Vicente, Tainá Hinckel e Ryan Kainalo na coletiva de imprensa Foto: Daniel Smorigo

“O campeonato lá foi incrível, deu altas ondas todos os dias, com vento terral, além de ser um lugar muito especial”, disse Ryan Kainalo, que assumiu a vice-liderança no ranking regional da WSL Latin America, com o vice-campeonato em Galápagos. “Foi um resultado que me deu mais confiança e estou muito feliz de poder estar aqui agora, nesta segunda etapa do Banco do Brasil. Quero agradecer a todos que fizeram esse evento acontecer, porque vai ajudar muito o surfe brasileiro.”

Com a vitória em Garopaba, a catarinense Tainá Hinckel largou na frente na categoria feminina. A bicampeã sul-americana Pro Junior (2016 e 2019), ganhou uma seletiva sul-americana desta categoria Sub-18 nas ondas de Stella Maris em 2019. A surfista da Guarda do Embaú, ainda é a recordista absoluta do Circuito Banco do Brasil de Surfe, com a nota 9,50 na melhor onda surfada na Praia da Ferrugem e os 17,00 pontos que totalizou nas semifinais em Santa Catarina.

“Foi muito especial para mim ganhar esse título lá em Garopaba, junto com toda a minha família. E é muito legal esse Circuito Banco do Brasil, incentivando o surfe brasileiro, o que é muito importante para nós”, disse Tainá Hinckel. “Eu me sinto muito feliz em estar aqui na Bahia novamente, em um lugar que eu já competi algumas vezes e vamos com tudo tentar outro bom resultado nesse evento.”

Se Tainá tem dois títulos sul-americanos, outro destaque do Circuito Banco do Brasil de Surfe na Bahia, é o atual campeão mundial nesta categoria Pro Junior Sub-18. Lucas Vicente não começou bem em Garopaba, mas está confiante em conseguir um bom resultado em Stella Maris: “Não é porque eu tive um resultado ruim, que está tudo errado. Eu continuo meu trabalho, com dedicação, motivação, porque uma hora o resultado do seu esforço vem. O fruto da vitória é o trabalho. E estou preparado para fazer um bom resultado aqui nesse lugar, com esse calor, coqueiros, comida boa, tudo maravilhoso, então bora pra cima.”

Quem também está confiante em conseguir um bom resultado nesta segunda etapa do Circuito Banco do Brasil de Surfe é a jovem Juliana dos Santos, uma das atletas patrocinadas pelo BB Asset Management, junto com maior estrela do surfe feminino brasileiro, Silvana Lima. Juliana é mais uma grande promessa surgida no Ceará, desde muito novinha. “Eu comecei a competir com oito anos de idade e já consegui uma quarta colocação. Com 10 anos já fui campeã cearense com a galera de 20, 25, 30 anos. Então, foi aí que senti que o surfe era o meu lugar e decidi encarar como profissão.”

NOVA GERAÇÃO: A surfista Maria Eduarda Andrade César, de 13 anos, moradora de Serra Grande, em Uruçuca no sul da Bahia, conta as horas para o Circuito Banco do Brasil de Surfe começar, pois traz boas recordações de Stella Maris. Filha de mãe baiana e pai carioca (surfista e shaper), a adolescente tem o surfe no DNA. Começou a pegar onda aos três anos de idade, e com nove anos participou da primeira competição, organizada pelo Campeão Mundial Adriano de Souza.

Maria Eduarda Andrade em ação. Foto: Survive Photos

“Eu venci esse campeonato, em 2017, ganhei uma prancha do Adriano e falei para o meu pai: ‘Eu quero ser surfista profissional”, conta. De lá pra cá foi Campeã baiana Open, Campeã baiana sub-12 e ficou em 2º no Campeonato Brasileiro Sub-14. “Meu pai me ensinou a surfar e, agora, está ensinando minha irmã mais nova. Treino todos os dias, estou estudando inglês e muito feliz em poder participar desta etapa do Circuito BB. Será uma experiência incrível e se eu for campeã então, melhor ainda”, completa Maria Eduarda.

Quem compartilha também do mesmo sonho de chegar à elite do surfe mundial é Juliana dos Santos, 22 anos, mas que está a alguns degraus acima de Maria Eduarda e já festeja suas conquistas. Cearense de Fortaleza, é umas das atletas que está em busca da classificação para o Challenger Series. Patrocinada pelo Banco do Brasil, desde 2021, Juliana tem uma trajetória de superação e garra até conquistar o título de Campeã Cearense em 2020 e chegar a Top 8 do ranking nacional. Começou a surfar aos cinco anos de idade, na Praia do Titanzinho (CE). Três anos depois entrou para as competições e na primeira disputa garantiu o 4º lugar. Mesmo com todas as dificuldades nunca desistiu.

“Parecia que Deus já tinha preparado algo bom para mim, quando um ano depois de ser campeã cearense, assinei o contrato de patrocínio”, ressalta uma das grandes promessas do surfe nacional. “Estou superfeliz em ver o Banco do Brasil patrocinar etapas do QS e dando oportunidades para jovens talentosos, pois muitos não têm como viajar, arcar com os custos e ter um campeonato no seu estado. Essa é uma oportunidade para mostrar o seu surfe. Em Garopaba (1ª etapa) o Circuito BB foi muito bacana, ver os atletas dando o máximo. Também foi lindo de ver o quanto o surfe feminino vem crescendo e evoluindo no país”, completa.

BATERIAS DO CIRCUITO BANCO DO BRASIL DE SURFE NA BAHIA:
(Sujeitas a alterações até o início do evento)

PRIMEIRA FASE – 3.o=81.o lugar (40 pts) e 4.o=85.o lugar (35 pts):

1.a: Luis Santana (BRA), Laszlo de Giudice (BRA)
2.a: Miguel Cerqueira (BRA), Thiago Silva (BRA), Gabriel Leal (BRA)
3.a: Jorge Darze Neto (BRA), José Wilson Figueiredo (BRA), Vitor Gabriel (BRA)
4.a: Jean Muniz (BRA), Ives Lopes (BRA)

SEGUNDA FASE – entrada de 24 pré-classificados:
———3.o=65.o lugar (53 pts) e 4.o=73.o lugar com 50 pts

1.a: Antonio Venicios (BRA), Luan Carvalho (BRA), Breno Matos (BRA), 1.o da 1.a da 1.a fase
2.a: Gonçalo B. Almeida (BRA), Luiz Henrique Rosa (BRA), Jeronimo Barros (BRA), 2.o da 1.a
3.a: Lukas Camargo (BRA), Ismael Silveira (BRA), Davi Silva (BRA), 1.o da 2.a
4.a: Takeshi Oyama (BRA), Gabriel Paiva (BRA), Davi Mira (BRA), 2.o da 2.a
5.a: Andrey Vieira (BRA), Glauciano Rodrigues (BRA), Bryan Biao (BRA), 1.o da 3.a
6.a: José de Mello (BRA), Rayan Fadul (BRA), Felipe Guerreiro (BRA), 2.o da 3.a
7.a: Alandreson Martins (BRA), Isaac Lorente (BRA), Carlos Santana (BRA), 1.o da 4.a
8.a: Eduardo Matheus Silva (BRA), Bruno Galini (BRA), Elson Vieira (BRA), 2.o da 4.a

TERCEIRA FASE – entrada dos 48 cabeças de chave:
———3.o=33.o lugar (66 pts) e 4.o=49.o lugar com 60 pts

1.a: Marcos Correa (BRA), Cauet Frazão (BRA), Marcus Cintra (BRA), 1.o da 1.a da 2.a fase
2.a: Samuel Igo (BRA), Kim Matheus (BRA), Erick Moraes (BRA), 2.o da 1.a
3.a: Heitor Mueller (BRA), Diego Aguiar (BRA), Ruan Guimarães (BRA), 1.o da 2.a
4.a: Mateus Sena (BRA), Daniel Matos (BRA), Diego Brigido (BRA), 2.o da 2.a
5.a: Gabriel André (BRA), Willian Feiden (BRA), Kayan Medeiros (BRA), 1.o da 3.a
6.a: Franklin Serpa (BRA), Kaue Germano (BRA), Lázaro Lima (BRA), 2.o da 3.a
7.a: Renan Pulga (BRA), Luiz Mendes (BRA), Leo Andrade (BRA), 1.o da 4.a
8.a: Gabriel Klaussner (BRA), Caio Costa (BRA), Gabriel Guerreiro (BRA), 2.o da 4.a
9.a: Ryan Kainalo (BRA), Kainan Meira (BRA), Samuel Joquinha (BRA), 1.o da 5.a
10: Artur Silva (BRA), Luan Wood (BRA), Rafael Pedreira (BRA), 2.o da 5.a
11: Krystian Kymerson (BRA), Diogo Santos (BRA), Adriano Maciel (BRA), 1.o da 6.a
12: Messias Felix (BRA), Niccolas Padaratz (BRA), Leonardo Villas Boas (BRA), 2.o da 6.a
13: Alan Jhones (BRA), Thiago Eduardo (BRA), Lucas Santos (BRA), 1.o da 7.a
14: Amando Tenorio (BRA), Deyvson Santos (BRA), Lucas Ribas (BRA), 2.o da 7.a
15: Lucas Vicente (BRA), Derek Adriano (BRA), Israel Junior (BRA), 1.o da 8.a
16: Rodrigo Saldanha (BRA), Pedro Bianchini (BRA), Fabricio Bulhões (BRA), 2.o da 8.a

PRIMEIRA FASE – 3.a=17.o lugar (200 pts) e 4.a=19.o lugar (186 pts):

1.a: Maria Eduarda (BRA), Deyse Costa (BRA), Isabeli Saikoski (BRA)
2.a: Vidda Cavalcanti (BRA), Catarina Lorenzo (BRA), Livia Marcolin (BRA), Tamires da Silva (BRA)

SEGUNDA FASE – entrada das 12 cabeças de chave:
———-3.a=9.o lugar (350 pontos) e 4.a=13.o lugar (295 pts)

1.a: Taina Hinckel (BRA), Monik Santos (BRA), Julia Duarte (BRA), 1.a da 1.a da 1.a fase
2.a: Silvana Lima (BRA), Julia Santos (BRA), Catalina Mercere (ARG), 2.a da 1.a
3.a: Sol Carrion (BRA), Kemily Sampaio (BRA), Potira Castaman (BRA), 1.o da 2.a
4.a: Larissa dos Santos (BRA), Pamella Mel (BRA), Juliana dos Santos (BRA), 2.a da 2.a

TOP-5 DO RANKING DO CIRCUITO BANCO DO BRASIL:

01: Santiago Muniz (ARG) – 1.000 pontos
02: Messias Felix (BRA) – 800
03: Leo Casal (BRA) – 650
03: Heitor Alves (BRA) – 650
05: Edgard Groggia (BRA) – 500
05: Weslley Dantas (BRA) – 500
05: Gabriel Klaussner (BRA) – 500
05: Felipe Ximenes (BRA) – 500

TOP-5 DO RANKING DO CIRCUITO BANCO DO BRASIL:

01: Taina Hinckel (BRA) – 1.000 pontos
02: Isabelle Nalu (BRA) – 800
03: Daniella Rosas (PER) – 650
03: Silvana Lima (BRA) – 650
05: Laura Raupp (BRA) – 500
05: Melanie Giunta (PER) – 500
05: Julia Santos (BRA) – 500
05: Juliana Meneguel (BRA) – 500

TOP-10 DO RANKING 2022/2023 DA WSL LATIN AMERICA – 3 etapas:

01: Santiago Muniz (ARG) – 1.650 pontos
02: Ryan Kainalo (BRA) – 1.216
02: Gabriel André (BRA) – 1.216
04: Leo Casal (BRA) – 1.150
05: Alejo Muniz (BRA) – 1.000
05: Miguel Tudela (PER) – 1.000
07: Vitor Ferreira (BRA) – 860
08: Rodrigo Saldanha (BRA) – 855
09: Manuel Selman (CHL) – 850
10: Alonso Correa (PER) – 800
10: Messias Felix (BRA) – 800

TOP-10 DO RANKING 2022/2023 DA WSL LATIN AMERICA – 3 etapas:

01: Daniella Rosas (PER) – 1.650 pontos
01: Dominic Barona (ECU) – 1.650
03: Taina Hinckel (BRA) – 1.500
03: Sol Aguirre (PER) – 1.500
05: Isabela Saldanha (BRA) – 1.200
06: Melanie Giunta (PER) – 1.000
06: Genesis Garcia (ECU) – 1.000
08: Nairê Marquez (BRA) – 995
09: Arena Rodriguez (PER) – 950
10: Kiany Hyakutake (BRA) – 945

Atividades recreativas e de Preservações Ambientais: A população de Salvador e de cidades próximas, além da competição, terá diversões garantidas e poderá participar de dezenas de atividades esportivas e recreativas gratuitas na arena do evento.

Atividades esportivas e recreativas gratuitas . Foto: Daniel Smorigo

“O evento será mais uma festa para o povo baiano. Com o Circuito Banco do Brasil de Surfe estamos incentivando os jovens talentos de um esporte que atualmente tem extrema importância no Brasil, com nossos atletas sempre em destaque, nas competições mundiais. O evento em Stella Maris também promoverá diversas atividades esportivas, de lazer e de sustentabilidade, aos que estiverem na praia acompanhando o Qualifying Series”, afirma Ivan Martinho, CEO da WSL para a América Latina.

Na programação dos quatro dias de Circuito, constam aulas de surfe com monitores especializados para diferentes níveis; aulas de yoga; aulas de funcional, de tênis de praia e de futevôlei (confira os horários abaixo). Além disso, o evento terá empréstimos de pranchas com monitoria e até reparos rápidos de pranchas com profissionais especializados para atletas e moradores locais.

Atividades esportivas e recreativas gratuitas . Foto: Daniel Smorigo

Também será realizado o espaço ‘Beach Market’, com estandes de empreendedores locais, regularmente cadastrados, clientes do Banco do Brasil, que comercializarão seus produtos e serviços, entre eles AD Surf Shop e ASESM/ Stella Surf School.

Espaço ‘Beach Market’. Foto: Daniel Smorigo

Paralelamente, haverá na praia um grande rigor e controle na utilização de plástico. Será organizada uma coleta seletiva e gestão de resíduos. Todos os resíduos serão separados e enviados para cooperativas locais de reciclagem. E, em parceria com a Unidunas – Universidade Livre das Dunas – reserva mundial da biosfera pela Unesco -, está programado, no sábado (14), a partir das 15h, o plantio de 50 mudas na restinga na praia (atrás de onde acontece o evento), junto com Associação de Surf e Ecologia de Stella Maris e com as crianças do projeto social dos Surfistas de Cristo e voluntários do BB. Já o plantio de mais 450 mudas será no Parque das Dunas (Av. José Augusto Tourinho Dantas, 1001, Praia do Flamengo, Salvador) para o enriquecimento ambiental.

Coleta seletiva e gestão de resíduos, todos os resíduos serão separados. Foto: Daniel Smorigo

O apoio ao surfe é uma iniciativa com grande valor para a gestora de fundos de investimento do BB, uma vez que por meio do esporte materializamos princípios importantes como expertise e sustentabilidade. “A gestora de fundos do BB é signatária dos Princípios para Investimentos Responsáveis desde 2010 e tem como um de seus pilares observar a sustentabilidade dos ativos selecionados em suas decisões de investimento. Ainda, líder de mercado desde 1994, a gestora possui um time experiente e com grande conhecimento e habilidade para surfar os ciclos de mercado e buscar os melhores resultados para nossos clientes”, diz Isaac Marcovistz, head de produtos, comunicação e marketing da gestora de fundos BB.

Messias Felix em ação. Foto: Daniel Smorigo

“Realizar, apoiar e fomentar a vinda de eventos esportivos para Salvador é uma das diretrizes da Saltur. Ano a ano, trabalhamos na divulgação da nossa cidade como referência na recepção de grandes eventos esportivos e estamos colhendo os frutos disso. A vinda do Circuito Banco do Brasil de Surfe para as praias de Stella Maris mostra como nossa cidade deve se manter aberta para os grandes eventos esportivos. Tenho certeza de que será um grande e lindo evento”, destaca o presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur), Isaac Edington, responsável pelo planejamento e realização do calendário de eventos da capital baiana.

Horários das aulas:

Aulas de surfe — 8h, 10h, 12h, 14h e 15h
Aulas de yoga — 7h e 16h
Aulas de funcional — 8h, 10h, 14h e 15h
Aulas de tênis — 9h, 10h, 13h e 14h
Aulas de futevôlei — 9h, 11h, 14h e 15h

Calendário do Circuito Banco do Brasil de Surfe:

Etapa 1: 21 a 24/abril – Praia da Ferrugem, Garopaba (SC)
Etapa 2: 12 a 15/maio – Praia de Stella Maris, Salvador (BA)
Etapa 3: 25 a 28/agosto – Praia de Itamambuca, Ubatuba (SP)

“É muito gratificante levar o Circuito Banco do Brasil para o Nordeste do país e possibilitar a jovens surfistas a oportunidade de disputar uma etapa, com padrão WSL e igualdade de premiação entre homens e mulheres, desta vez, para Salvador. O surfe já virou uma paixão nacional e queremos incentivar e encontrar jovens talentos Brasil afora, por essa razão, estamos realizando etapas em três regiões diferentes como no Sul, no Nordeste e a final no Sudeste”, afirma Ivan Martinho, CEO da WSL Latin America.

WSL BRASIL FECHA PARCERIA COM TIKTOK: A World Surf League e o TikTok anunciaram parceria para os anos de 2022 e 2023. A plataforma, que é um espaço onde o entretenimento e a cultura encontram a criatividade, estará presente na Oi Rio Pro apresentado por Corona, etapa da competição Championship Tour – CT que acontece no Rio de Janeiro, e no Corona Saquarema Pro apresentado pelo Banco do Brasil, e também apoiará as duas etapas do Circuito Banco do Brasil de Surfe, realizadas ainda neste ano, em Salvador/BA e em Ubatuba/SP.

As etapas do Circuito Banco do Brasil serão transmitidas no TikTok, no site e redes sociais da WSL. Já nas competições Oi Rio Pro apresentado por Corona e Corona Saquarema Pro apresentado pelo Banco do Brasil, o TikTok terá ativações e mostrará os bastidores dos eventos na plataforma – tudo como conteúdo exclusivo no perfil da WSL no TikTok (@wslbrasil).

“Esporte é um tema que faz muito sucesso entre a nossa comunidade, o TikTok se tornou um espaço onde fãs de todas as modalidades conseguem encontrar conteúdo inédito e criativo nesse sentido. E com o surf isso é ainda mais evidente, com muitos criadores falando sobre esse esporte. Para ter uma ideia da potência do assunto, a hashtag surf tem quase seis bilhões de visualizações”, afirma Kim Farrell, diretora de Marketing do TikTok para América Latina. “Essa parceria com a WSL é muito importante para nós, já que nos aproxima mais dessa comunidade que é tão inspiradora para o público brasileiro”, completa.

“A parceria com o TikTok nos deixa muito animados, pois trata-se de uma plataforma com uma comunidade gigante, que cresce a cada dia, que fará a WSL e o surfe em geral ganharem ainda mais espaço, potencializando a visibilidade do esporte. É uma honra contarmos com o TikTok em nosso rol de patrocinadores”, afirma Ivan Martinho, CEO da WSL Latin America.

O surfe está em ascensão, já se posicionando entre os cinco esportes mais admirados e praticados no Brasil, e tem despertado constante interesse de anunciantes. Entre as conquistas mais recentes estão Banco do Brasil, Oakberry, 51 ICE, Unicesumar, Localiza e Australian Gold, além de Oi, Enel, Prefeitura de Saquarema, Havaianas, Oakley, Corona e Red Bull.

 A competição será transmitida ao vivo da Praia de Stella Maris pela primeira vez no aplicativo TikTok e pelo WorldSurfLeague.com, pelo WSL app, pelo YouTube da WSL

SOBRE O CIRCUITO BANCO DO BRASIL DE SURF: Essa é a segunda de três etapas regionais do Circuito Banco do Brasil de Surfe. A primeira foi no litoral catarinense, em abril, e, após Bahia, vai para o litoral norte paulista, em Ubatuba (Praia de Itamambuca – de 25 a 28 de agosto), onde acontece a grande final.

Por meio do Circuito Banco do Brasil de Surfe, a WSL começa a oferecer mais oportunidades para a nova geração do surfe nacional. Além do almejado troféu, os campeões dos rankings masculino e feminino (computando os resultados das três etapas), ganharão um convite (Wildcard) especial para participar da etapa do Challenger Series (circuito de acesso para a elite mundial do esporte), o Corona Saquarema Pro apresentado pelo Banco do Brasil, no mês de novembro. Todos os eventos acontecem com o princípio da igualdade na premiação para homens e mulheres.

SOBRE A GESTORA DE FUNDOS DE INVESTIMENTOS DO BANCO DO BRASIL: Tem como propósito prover inteligência em fundos de investimento para melhorar a vida das pessoas e, neste sentido, reforça o compromisso de disseminar e contribuir fortemente com a educação em investimentos. É líder da indústria de fundos de investimento brasileira, com patrimônio líquido sob gestão de R$ 1,464 trilhão em recursos e 20,98% de participação de mercado, conforme ranking de Gestores de Fundos de Investimento da Anbima, de março de 2022. Sua excelência em gestão é atestada por duas renomadas agências de rating – Fitch Rating e Moody´s.

SOBRE O TIKTOK: O TikTok é o destino líder para vídeos curtos em dispositivos móveis. Nossa missão é inspirar criatividade e trazer alegria. O TikTok possui escritórios globais, incluindo Los Angeles, Nova York, Londres, Paris, São Paulo, Berlim, Dubai, Mumbai, Cingapura, Jacarta, Seul e Tóquio.

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE: Estabelecida em 1976, a World Surf League (WSL) é a casa do melhor surf do mundo. Uma empresa global de esportes, mídia e entretenimento, a WSL supervisiona circuitos e competições internacionais, tem uma divisão de estúdios de mídia que cria mais de 500 horas de conteúdo ao vivo e sob demanda, por meio da afiliada WaveCo, empresa que criou a melhor onda artificial de alto desempenho do mundo.

Com sede em Santa Monica, Califórnia, a WSL possui escritórios regionais na América do Norte, América Latina, Ásia-Pacífico e EMEA. A WSL coroa anualmente os campeões mundiais de surf profissional masculino e feminino. A divisão global de Circuitos supervisiona e opera mais de 180 competições globais a cada ano do Championship Tour e dos níveis de desenvolvimento, como o Challenger Series, Qualifying Series e Junior Series, bem como os circuitos de Longboard e Big Wave.

Lançado em 2019, o WSL Studios é um produtor independente de projetos de televisão sem roteiros, incluindo documentários e séries, que fornecem acesso sem precedentes a atletas, eventos e locais globalmente. Os eventos e o conteúdo da WSL, são distribuídos na televisão linear para mais de 743 milhões de lares no mundo inteiro e em plataformas de mídia digital e social, incluindo o WorldSurfLeague.com. A afiliada WaveCo inclui as instalações do Surf Ranch Lemoore e a utilização e licenciamento do Kelly Slater Wave System. A WSL é dedicada a mudar o mundo por meio do poder inspirador do surfe, criando eventos, experiências e histórias autênticas, afim de motivar a sempre crescente comunidade global para viver com propósito, originalidade e entusiasmo.

Mais informações sobre o surfe mundial no www.worldsurfleague.com e notícias em português no www.wsllatinamerica.com 

O Circuito Banco do Brasil de Surfe conta com patrocínio do Banco do Brasil e BB Asset Management. A segunda etapa tem o apoio da Prefeitura Municipal de Salvador e Rádio Salvador FM

Reportagem: João Carvalho – WSL Latin America / Mercia Suzuki – Casa do Bom Conteúdo

Edição Textos e Imagens: Edson “Adrena” Andrade

Tenha lindas artes exclusivas
mag72