mag72

Big Field – Um Bairro que respira skate no Rio de Janeiro – Vejam os Vídeos

Publicado por AdrenaNews 703 views0

Campo Grande é um extenso e populoso bairro da Zona Oeste do município do Rio de Janeiro.”Big Field”, como boa parte da comunidade dos esportes radicais carinhosamente lhe denominam, respira skate.

Roberto Hoho em ação. Foto: Jonas Fire

Concentra uma quantidade enorme de skatistas, principalmente porque é neste bairro que esta localizada a segunda pista de skate construida no Estado do Rio de Janeiro no ano de 1978, e está entre uma das primeiras no Brasil e na América Latina.

PISTÂO: O “Pistão”, fica localizado na Praça Marechal Edgard do Amaral a Pista de Skate de Campo Grande. Depois da Primeira pista pública de Skate da America Latina em Nova Iguaçu. Foi nesta pista que ocorreu a evolução do skate vertical carioca com vários campeonatos e skatistas de todo o Brasil que evoluíram na modalidade.

Pistão de Campo Grande. Foto: Jonas Fire

Paulo Roberto “Ho-Ho” da Cruz, foi um dos primeiros locais da pista de Campo Grande, Roberto “Hoho” como é conhecido começou a andar ali assim que as primeiras paredes foram construídas. Roberto conseguia um domínio inavegável nas transições da pista original. Foi competidor profissional nas décadas de 80 e 90, na modalidade vertical, e sendo um dos poucos brasileiros a executar o “Ho-ho Plant” com perfeição, lhe conferindo o codinome.

Roberto Hoho em ação. Foto: Jonas Fire

ESCOLINHA FORMIGA DE SKATE: Localizado no Bairro Boa Esperança na Rua Coronel Daniel Cristóvão Lote 04, há mais de 20 anos, Roberto Hoho, comanda também a “Escolinha Formiga de Skate”, que ensina as bases para alunos de todas as idades, além de organizar eventos locais com os seus alunos e de outras escolinhas da cidade. Em sua rampa, funciona oficinas e aulas de skate particulares a combinar. Roberto, constrói rampas particulares sob encomenda e também comercializa skates e todos os tipos de acessórios. Contatos: Roberto Hoho (21) 986925459

Aluna da Escola Formiga. Foto: Roberto Hoho

AÇÂO SOCIAL: Roberto Ho-ho, também desenvolve um trabalho social, todos os domingos com aulas de skate gratuitas na Pista de Campo Grande. Essa iniciativa não tem cunho político e nem religioso e uma iniciativa privada baseada nos termos ideológicos de “Skate e para todos”, o horário é sempre de 09:00 às 11:00. OBS: Para participar e necessário um par de tênis e skate, porém caso não tenham skate nos temos para emprestar, não há razões para não praticar e sem limites de idade.

BOWL DE COSMOS: Além do Pistão outra pista recomendada é o Bowl Banks de concreto no Bairro de Cosmos, que tem diversas transições e alturas, pra quem curte coping block no bowl e ferro nas partes mas baixas. Da pra treinar varias novas manobras no local, mas tem que pegar as manhas das transições, para evoluir e poder fazer uma sessão evolutiva, segundo o Mestre, Roberto Ho Ho.

Roberto Hoho em ação. Foto: Cauã Csik

A pista é muito irada e super atualizada, mas no momento para andar por lá, se faz necessário ir sem fazer muita baderna e com um grupo menor de skatistas para não chamar muita atenção. E principalmente respeitar os moradores, em especial as crianças que costumam utilizar as inclinações para brincar de escorregar. Agindo assim as “Autoridades locais”, vão autorizar as suas sessões, sem problemas.

Bowl-banks de Cosmos. Foto: Valtinho Lemos

OUTRAS PISTAS PÚBLICAS: Porém existem outras pistas públicas no Bairro. Como a Mini-ramp no Bairro da Vila Nova, que é excelente para a evolução técnica dos iniciantes e também daqueles que precisam evoluir em manobras de borda. Mini-ramp da Praça Jareci, feita em concreto garante ate hoje uma boa base para quem esta iniciando e ótimas bordas para quem já tem o skate no pé. Local de fácil acesso e iluminação a noite.

Mini-ramp no Bairro da Vila Nova. Foto: Valtinho Lemos

Micro-ramp da praça do 24, concreto com transições bem suaves, obriga a ter um bom jogo de corpo pra desenvolver velocidade. O piso hoje esta bastante áspero. Mini rampa da Praça do Oiticica: concreto e considerada por muitos como a mini perfeita, pena que também tem o piso áspero. Mini rampa do barro vermelho: concreto, e pouco ou nada usada. As tradições dão um tranco com o flat. Mini rampa de Inhoaiba, concreto também com trancos e transições irregulares.

Mini rampa de Inhoaiba. Foto: Roberto Hoho

PISTAS PARTICULARES:  Além da Pistas públicas existem as pistas particulares entre elas vale destacar a Valente Ramp, uma Mini-ramp localizada na casa do skatista Evaldo “Valtinho” Lemos. A Mini-ramp, tem as medidas de 12 metros por 04 de largura com 01 Metro de altura.

Valtinho Lemos em ação. Foto: Elyvaldo Lemos

O local oferece um bar e lanchonete e uma skate shop. Nas terças e quintas feiras rola um funcional com professores especializados. O espaço tem também um sistema de som e wi-fi, para os frequentadores e funciona de 10:00 as 22:00. Hrs.

 

Funcional em ação. Foto: Valtinho Lemos

A sessão custa apenas cinco reais, e pode ser pago em espécie ou pelo cartão de crédito. A pista fica localizada na Estrada do Tingui número 1438. De ônibus pegar o 841 e soltar no terceiro ponto após o Posto 500. Telefone para contato:.(21) 975868605. WattasApp ou no Instagram : @valentramp.

SECRETS POINTS: Existem também pistas particulares mas somente liberadas para os amigos e convidados entre elas: A do Jonas e a do Guilherme.

REVITALIZAÇÃO: A histórica pista de skate de Campo Grande , foi uma das primeiras pistas de skate da América Latina , inaugurada em 1978 , ela se destacava das demais por seu layout e tamanho, foi palco de inúmeros campeonatos e frequentada pelos melhores skatistas brasileiros da década de 1980 . A pista sofreu uma reforma há alguns anos, executada por uma empresa sem qualificação técnica que a deixou praticamente inutilizada.

A Rio Ramp Design foi convidada pela empresa Rio de Negócios, com patrocínio da Oi e apoio do Governo do Estado , aceitou o desafio de fazer uma reforma de verdade , aproveitando para atualizar seu layout inserindo novos obstáculos , novas bordas e plataformas , criando inúmeras possibilidades de linhas e utilizando as mais modernas técnicas de concretagem e acabamento.

Pistão revitalizado. Foto: Ricardo Araújo

O Resultado foi um Flow Park atual , rejuvenescendo uma pista que aos seus quase 40 anos de idade continuará a formar skatistas de alto nível , como fez no passado. A Rio Ramp Design foi criada em 2007 pelos sócios Sylvio Az e Bruno Pires ainda nos tempos da faculdade de arquitetura, com forte ligações com os movimentos e atividades ligadas ao cotidiano das grandes cidades como o Skateboard e as artes urbanas em geral . O Escritório se especializou na construção e revitalização de áreas públicas e particulares utilizando a experiência de muitos anos dos sócios com o skate , para criação de skateparks . A RRD atua também em outras áreas da arquitetura, paisagismo , artes plásticas e mobiliário. Filiada a ASBEA-RJ ( Associação brasileira dos escritórios de arquitetura ) e atestado pela CBSK ( Confederação Brasileira de Skate ) .

VEJAM ABAIXO OS VÍDEOS:

BOB BURNQUIST – TRIP BRAZIL RIO DE JANEIRO SKATEPARK CAMPO GRANDE:

ADELIFE#108 CAMPO GRANDE ERA MENINO:

NOTA DO EDITOR: Big Field o Bairro mais skate do Rio de Janeiro, é a opinião do autor, conforme dados e informações e de se tratar de um dos bairros com uma quantidade de pistas públicas e particulares enorme. Me perdoem os críticos e moradores de outros bairros do Município do Rio, mas minha conclusão simplista jamais está baseada na intenção de reduzir outros locais onde a pratica do skate também é super praticado.

Reportagem: Roberto Hoho, Valtinho Lemos e Edson Andrade

Edição: Edson “Adrena” Andrade

Tenha lindas artes exclusivas
mag72