Alemão de Maresias o brazuca por trás do Guinness World Records de ondas gigantes – Assistam ao vídeo!

Publicado por AdrenaNews 0

Sebastian Steudtner é o novo recordista de surfe em ondas gigantes, mas o titulo teve a participação do brazuca Alemão de Maresias, prestigiado piloto de moto aquática. Acessem ao link abaixo com o vídeo do recorde da maior onda.

Alemão de Maresias, encarando o paredão de Nazaré. Foto: Arquivo Pessoal

ASSISTAM AO VÍDEO, CLICANDO NO PLAYER ABAIXO:

Guinness World Records™ – Título para a maior onda surfada de Sebastian Steudtner:

Foi anunciado nesta semana pelo Guinness World Records o novo recorde mundial de surfe em ondas gigantes, conquistado pelo alemão Sebastian Steudtner com uma onda de 26,21 metros em Nazaré, Portugal. Mas o feito não é comemorado isoladamente por Steudtner. O brasileiro Edilson Assunção, conhecido internacionalmente como Alemão de Maresias, foi importante responsável por essa conquista. Ele foi o driver, ou piloto de moto aquática, que conduziu o novo recordista ao mar e foi ele também quem avistou e escolheu a onda surfada pelo atleta, ao avaliar que ela tinha um grande potencial.

Sebastian Steudtner em ação. Foto: Divulgação – WSL

Tanto quanto o próprio surfista que desliza nas paredes de água sobre a prancha, o driver é fundamental no tow-in, como é chamado oficialmente o surfe rebocado em ondas gigantes. O esporte só pode ser praticado em duplas, compostas pelo surfista e pelo seu piloto. Muitas vezes, até em trio, com uma segunda moto aquática atuando como ‘safety’, ou segurança.

Alemão de Maresias em ação. Foto: Helio Antonio – Gigantes de Nazaré

O surfista e driver Alemão de Maresias, atualmente, está entre os três melhores pilotos de tow-in no mundo. Além de ter escolhido e colocado Steudtner na onda que mereceu o novo recorde, o profissional brasileiro está entre os condutores preferidos de atletas como Garrett McNamara, Pedro Scooby, Maya Gabeira, Lucas Chumbo, Ítalo Ferreira e o tri campeão Gabriel Medina.

Alemão de Maresias em ação junto com o campeão mundial Ítalo Ferreira. Foto: Surf Photography

“Fui convidado pela Maya para ir para Nazaré, em outubro de 2020, para ser o driver dela e do Sebastian. Nesse dia do recorde, passamos umas seis horas no mar, quando enxerguei aquela onda e vislumbrei a possibilidade de ela ser a maior onda surfada no dia. Isso aconteceu e agora o novo recorde mundial de ondas gigantes está confirmado. Também conquistou o prêmio de maior onda da temporada 2020/2021, pela WSL – World Surf League”, afirma Alemão. “Nesse dia, o Sebastian pegou umas oito ou dez ondas, mas essa, em particular, que gerou o recorde, vinha ‘no inside’ (mais embaixo), e eu, em alta velocidade para conseguir chegar na parte boa da onda, fiz um sinal para ele avisando que faria uma curva para lançá-lo nela, num movimento que chamamos no tow-in de ‘estilingada’. Ele entendeu, conseguiu pegar a onda e eu só fiquei torcendo para que tudo desse certo e que o Sebastian tivesse a perfeição que o levasse a concluir a onda, como foi o que aconteceu”, conta o brasileiro.

No biênio 2021/2022, Alemão de Maresias atuou não somente como parte do time do novo recordista do tow-in, Sebastian Steudtner, e muitos outros surfistas brasileiros ou internacionais. Por cerca de três meses ele integrou a equipe do norte-americano Garrett McNamara, lendário atleta de mares extremos que está desenvolvendo projeto intitulado ‘100 Foot Wave’ (ou ‘Onda de 100 Pés’, em tradução livre), cuja primeira temporada está em exibição na plataforma de streaming HBO MAX, mas já tem a segunda e a terceira temporadas em processo de produção. “Além de trabalhar com grandes atletas do tow-in do Brasil e do mundo, ter sido convidado para integrar o projeto do McNamara me deixou muito satisfeito. Considero como um reconhecimento ao meu trabalho que comparo com ganhar o recorde mundial”, diz.

Claro que a experiência para ser um driver no tow-in não surge somente das habilidades de condutor de motos aquáticas. Alemão também é surfista e costuma pegar ondas em Nazaré há muitos anos. Com 22 anos de experiência na atuação como piloto, há cerca de sete anos ele vem se especializando no trabalho de fazer a condução e a segurança dos surfistas do tow-in em Nazaré, para colocá-los nas ondas, escolhendo quais acredita serem as melhores. “Sei que o reconhecimento do meu trabalho como driver não se deve apenas à segurança na ação, à sabedoria e experiência para lidar com as situações extremas. Vem também da ética, do respeito, atitude e transparência que mantenho com todos os meus parceiros”, completa.

Alemão de Maresias em ação. Foto: Carlos Muriongo

Mais sobre Alemão de Maresias: Edilson Assunção, mais conhecido como Alemão de Maresias, atua há mais de 30 anos no universo das ondas grandes. Além de ser um grande surfista, é referência mundial em pilotagem de jet ski e resgate aquático, principalmente em situações extremas. Hoje é considerado um dos melhores pilotos da temida onda de Nazaré, em Portugal. Realizou, ao longo de sua carreira, alguns resgates complexos, o que, inclusive, lhe rendeu o prêmio de maior comprometimento com os surfistas pela World Surf League, a Liga Mundial de Surfe (WSL) durante o Nazaré Tow-in Challenge 2020, fato que o colocou no posto de coordenador de segurança aquática nos campeonatos em Nazaré. Alemão de Maresias prática, além do surfe e do tow-in, outras modalidades de esportes aquáticos, como stand-up paddle e canoa havaiana, onde também se tornou uma referência. É nas ondas grandes, porém, que ele conquistou seus principais títulos e chamou a atenção de atletas e da mídia nacional e internacional. Atualmente, uma de suas principais atividades é dar suporte, com o auxílio de jet ski, para surfistas amadores e profissionais, além de produtores cinematográficos no que se refere ao oceano. Um verdadeiro Waterman, Alemão é tratado como sinônimo de conhecimento e conexão com o oceano.

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE: Estabelecida em 1976, a World Surf League (WSL) é a casa do melhor surf do mundo. Uma empresa global de esportes, mídia e entretenimento, a WSL supervisiona circuitos e competições internacionais, tem uma divisão de estúdios de mídia que cria mais de 500 horas de conteúdo ao vivo e sob demanda, por meio da afiliada WaveCo, empresa que criou a melhor onda artificial de alto desempenho do mundo.

Com sede em Santa Monica, Califórnia, a WSL possui escritórios regionais na América do Norte, América Latina, Ásia-Pacífico e EMEA. A WSL coroa anualmente os campeões mundiais de surf profissional masculino e feminino. A divisão global de Circuitos supervisiona e opera mais de 180 competições globais a cada ano do Championship Tour e dos níveis de desenvolvimento, como o Challenger Series, Qualifying Series e Junior Series, bem como os circuitos de Longboard e Big Wave.

Lançado em 2019, o WSL Studios é um produtor independente de projetos de televisão sem roteiros, incluindo documentários e séries, que fornecem acesso sem precedentes a atletas, eventos e locais globalmente. Os eventos e o conteúdo da WSL, são distribuídos na televisão linear para mais de 743 milhões de lares no mundo inteiro e em plataformas de mídia digital e social, incluindo o WorldSurfLeague.com. A afiliada WaveCo inclui as instalações do Surf Ranch Lemoore e a utilização e licenciamento do Kelly Slater Wave System. A WSL é dedicada a mudar o mundo por meio do poder inspirador do surfe, criando eventos, experiências e histórias autênticas, afim de motivar a sempre crescente comunidade global para viver com propósito, originalidade e entusiasmo.

Mais informações sobre o surfe mundial no www.worldsurfleague.com e notícias em português no www.wsllatinamerica.com 

Reportagem: Mercia Suzuki – Casa do Bom Conteúdo

Edição Textos e Imagens: Edson “Adrena” Andrade

Tenha lindas artes exclusivas