A WSL anuncia o Banco do Brasil como patrocinador para 2022 – Além do CT de Saquarema, teremos o Circuito BB com 3 etapas do QS.

Publicado por AdrenaNews 0

A WSL anuncia mais um grande patrocinador para a temporada 2022 em seus eventos nas praias brasileiras: o Banco do Brasil com a BB DVTM. Além de patrocinar o CT de Saquarema, teremos o Circuito Banco do Brasil com 03 etapas do QS1000

A instituição financeira passa a ser parceira oficial da WSL e presente na modalidade que está entre as que mais crescem entre praticantes e admiradores em nosso país. Há mais de 30 anos apoiando equipes, atletas, projetos sociais e incentivando o desenvolvimento do esporte, o Banco do Brasil se associa à WSL também para apostar na nova geração do surfe nacional.

Com intuito de oferecer oportunidade a jovens talentos, no masculino e feminino, e proporcionar a atletas das regiões Nordeste, Sudeste e Sul do país a oportunidade de competirem em eventos de entrada, a instituição patrocinará o Circuito Banco do Brasil de Surfe, válido por três etapas do Qualifying Series 1000, e que serão disputadas em Stella Maris (Salvador/BA); Itamambuca (Ubatuba/SP); e Praia da Ferrugem (Garopaba/SC).

Além de abrir novos caminhos a jovens talentos, a parceria chega no melhor momento do surfe brasileiro, por isso a importância de manter nossos já consagrados atletas no topo do ranking mundial, tanto que o Banco do Brasil estará presente na etapa brasileira do World Surf League Championship Tour – o Oi Rio Pro -, que acontecerá de 23 a 30 de junho, em Saquarema (RJ).

Saquarema. Foto: Daniel Smorigo – World Surf League

A BB DTVM empresa focada em gestão de fundos de investimentos, já patrocina algumas estrelas brasileiras do surfe, como Tatiana Weston-Webb, Silvana Lima e Juliana dos Santos. Agora, ao investir nos eventos da WSL no país, a instituição financeira finca ainda mais a sua bandeira no universo desse esporte, com todos os atributos aos quais ele é associado, como qualidade de vida, sustentabilidade, preservação do meio ambiente e o lifestyle saudável. Patrocinar o surfe também faz parte do projeto do BB para rejuvenescimento de sua marca, que já tem uma história grandiosa no mundo dos esportes.

Tatiana Weston Webb em ação. Foto: Brent Bielmann – World Surf League

“Esta parceria com a WSL e com o surfe reforça a nossa vocação de Empresa que apoia o esporte brasileiro. São mais de 30 anos de atuação junto a diversas modalidades e atletas. Podemos, inclusive, citar o patrocínio ao vôlei brasileiro como um caso de sucesso, pela longevidade e resultados obtidos. Agora, participando do surfe, temos uma nova oportunidade para ajudar a desenvolver a modalidade no País e, ainda mais importante, contribuir para o surgimento de novos talentos, de novos campeões, de novos ídolos”, afirmou Fausto Ribeiro, presidente do BB.

Primeira instituição bancária a operar no país, com 213 anos de história, o Banco do Brasil tem apoiado esportes como Vôlei de Quadra e Praia, Vôlei de Surdos, eSports, Circuito Banco do Brasil de Corrida, uma vasta plataforma de eventos, o Projeto Embaixadores do Esporte, além de ter diversos atletas patrocinados em diferentes modalidades esportivas, bem como apoiado vários projetos sociais. Com isso, essa estratégia é considerada um dos maiores cases de sucesso de patrocínios esportivos no Brasil.

“O Banco do Brasil foi reconhecidamente responsável pelo apoio e desenvolvimento de outras modalidades esportivas nas quais o Brasil também é destaque no mundo. Ter a oportunidade de contar com a força e a tradição de apoio aos esportes dessa instituição é um fato histórico para a WSL. Certamente a marca vem engrandecer os nossos eventos e, sobretudo, o investimento no Circuito Banco do Brasil de Surfe será um caminho para revelar novos talentos para o surfe brasileiro, em três regiões diferentes do país”, ressalta Ivan Martinho, CEO da WSL Latin America.

Martinho destaca que o Brasil domina o surfe já faz alguns anos, mas nunca o esporte esteve tão em alta como hoje. Nas últimas conquistas nacionais, Gabriel Medina trouxe o tricampeonato mundial ao país (com Filipe Toledo vice-campeão e Ítalo Ferreira em terceiro no ranking), Tatiana Weston-Webb sagrou-se vice-campeã mundial e Ítalo ganhou a medalha de ouro das Olimpíadas de Tóquio. São conquistas que elevaram o surfe brasileiro ao topo do ranking internacional em 2021. “A parceria com o BB acontece em um ótimo momento para o surfe brasileiro, que segue em uma linha ascendente após uma excelente temporada no ano passado e com perspectivas muitos promissoras não somente para 2022, mas para os próximos anos”, finaliza o CEO da WSL Latin America.

O surfe tem despertado constante interesse de anunciantes. Entre os contratos mais recentes da WSL com marcas estão 51 ICE, Oakberry, Unicesumar, Localiza e Australian Gold, além de Oi, Enel Distribuição Rio, Havaianas, Oakley, Corona, Red Bull, e do apoio da Prefeitura de Saquarema e da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Governo no Estado do Rio de Janeiro.

Filipe Toledo em comemoração. Foto: Damien Poullenot – World Surf League

Na temporada 2022, aliás, a elite do surfe mundial conta com nove atletas brasileiros: Filipe Toledo, Ítalo Ferreira, Deivid Silva, Jadson André, Miguel Pupo, Samuel Pupo, João Chianca “Chumbinho”, Caio Ibelli e Tatiana Weston-Webb, além de Gabriel Medina e Yago Dora, que estão momentaneamente afastados por problemas de saúde, mas que retornarão às competições nos próximos meses.

Caio Ibelli em ação. Foto: Brent Bielmann – World Surf League

Daqui a algumas semanas serão anunciadas mais novidades sobre a parceria do Banco do Brasil com a WSL. O contrato foi proporcionado pela 213 Sports, vertical de esportes da V3A que nos últimos sete anos atua como parceira comercial da WSL Brasil.

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE: Estabelecida em 1976, a World Surf League (WSL) é a casa do melhor surf do mundo. Uma empresa global de esportes, mídia e entretenimento, a WSL supervisiona circuitos e competições internacionais, tem uma divisão de estúdios de mídia que cria mais de 500 horas de conteúdo ao vivo e sob demanda, por meio da afiliada WaveCo, empresa que criou a melhor onda artificial de alto desempenho do mundo.

Com sede em Santa Monica, Califórnia, a WSL possui escritórios regionais na América do Norte, América Latina, Ásia-Pacífico e EMEA. A WSL coroa anualmente os campeões mundiais de surf profissional masculino e feminino. A divisão global de Circuitos supervisiona e opera mais de 180 competições globais a cada ano do Championship Tour e dos níveis de desenvolvimento, como o Challenger Series, Qualifying Series e Junior Series, bem como os circuitos de Longboard e Big Wave.

Lançado em 2019, o WSL Studios é um produtor independente de projetos de televisão sem roteiros, incluindo documentários e séries, que fornecem acesso sem precedentes a atletas, eventos e locais globalmente. Os eventos e o conteúdo da WSL, são distribuídos na televisão linear para mais de 743 milhões de lares no mundo inteiro e em plataformas de mídia digital e social, incluindo o WorldSurfLeague.com. A afiliada WaveCo inclui as instalações do Surf Ranch Lemoore e a utilização e licenciamento do Kelly Slater Wave System.

A WSL é dedicada a mudar o mundo por meio do poder inspirador do surfe, criando eventos, experiências e histórias autênticas, afim de motivar a sempre crescente comunidade global para viver com propósito, originalidade e entusiasmo.

Mais informações sobre o surfe mundial no www.worldsurfleague.com e notícias em português no www.wsllatinamerica.com 

Reportagem: Mércia Suzuki – Casa do Bom Conteúdo

Edição Textos e Imagens: Edson “Adrena” Andrade

Tenha lindas artes exclusivas