A CBSk comemora 22 anos e divulgou os skatistas eleitos para os Comitês de cada modalidade.

Publicado por AdrenaNews 138 views0

A CBSk ao longo desses 22 anos, continua sua luta para estruturar e regulamentar o Skateboard em nosso país. Nesta semana a entidade divulgou os skatistas profissionais eleitos para os Comitês de cada modalidade.

A Confederação Brasileira de Skate, foi fundada em 6 de março de 1999, como fruto de um anseio dos próprios skatistas. A entidade criou calendários competitivos, rankings, regulamentação de campeonatos, normatização de modalidades e padronização de categorias, acesso a benefícios públicos, exposição do Skate na mídia não especializada e apoio a iniciativas socioeducativas e culturais têm sido nossos desafios e objetivos.

E, com certeza, ser voz ativa quando o Skate é ameaçado. Sabemos que ainda há muito a ser feito, mas não podemos deixar de celebrar os frutos que colhemos até aqui. Esse ano, já podemos celebrar a entrada do Skate nos Jogos Escolares Brasileiros, o projeto Escola Skate Brasil e a inclusão do Atleta de Skate no rol de profissões do país. Com muito mais por acontecer mesmo diante de um cenário tão desafiador…

Feliz aniversário para a CBSk! Vida longa ao Skateboard brasileiro!

Ps.: os primeiros 20 anos da CBSk estão retratados no livro #SomosTodosCBSk – A história da Confederação Brasileira de Skate. Clique aqui para baixar > https://bit.ly/3oTRdPP

Rony Gomes em ação. Foto: Julio Detefon

A Confederação Brasileira de Skate (CBSk) também divulgou nesta semana os skatistas profissionais eleitos para os Comitês de Bowl e Park, Downhill Slide, Downhill Speed, Slalom, Street e Vertical.

Todos foram eleitos para um mandato de 12 meses (março de 2021 a fevereiro de 2022). A votação aconteceu de 6 a 9 de março pelo filiadocbsk.com.br. Como o Comitê de Freestyle teve três candidatos empatados em quinto lugar, haverá uma nova rodada de votação para a modalidade, de 11 a 14 de março, também pelo filiadocbsk.com.br – a decisão é amparada de forma análoga no estatuto da CBSk. Leia mais abaixo.

Confira a seguir a lista completa de votos por candidato. Com exceção do Freestyle, estão eleitos os cinco primeiros de cada modalidade.

Bowl e Park:

Allan dos Santos Mesquita – 1 voto
Anna Beatriz Ferreira de Sá Sodré – Bia – 1
Caique Quintiliano da Silva – 1
Felipe Cesar Brosler Caltabiano – Foguinho – 1
Otavio dos Santos Neto – 1
Nilo Mieres Peçanha – 0

Felipe “Foguinho” Caltabiano em ação. Foto: Pablo Vaz

Downhill Slide:

Jefferson Santos Ricardo – 8 votos
José Carlos Caldeira Filho – Birinha – 8
Davison Paixão de Souza – 7
Reine dos Santos Oliveira – 7
Christie Aleixo Dias da Costa – 6
Fabiano Luiz Silva – Neguinho – 3
Andre Francisco de Marco – Chiquinho – 2

Downhill Speed:

Daniel Lara Veiga – 10 votos
Anna Ohata – 9
Bianca Fior – 8
Melissa Brogni da Luz – 8
Georgia Kalena Bontorin – 6
Bruno Bollineli – 5
Andrez Krob Pereira – 3
Marcelo Salvi – 2

Anna Ohata em ação. Foto: Tim Flores

Slalom:

Bruno Silva de Oliveira – 5 votos
André Luiz Fuchs – 4
Fabio Luis Sprovieri – Dery – 4
Fernando Soares de Camargo Filho – 4
Rubens Cesar Zain Lutfi Ferreira Silva – 4
Cristiano de Jesus Barreto – Indinho – 1
Rogério Tadeu Ribeiro Nogueira – Sammy – 1

Street:

Heverton André de Freitas – 7 votos
Marina Isabella Veiga – 7
Mario Jorge Hermani – 7
Débora Cristina Mendes de Oliveira – Badel – 6
Jorge Medeiros Gomes – 6
Lucas Francisco Bonilha – 3
Ronaldo Miranda – 2

Vertical:

Edgard H C Pereira – Vovô – 2 votos
Ian Albernaz Domingues Camilo Landi – 2
Karen Domingos Santos Claudio – Jonz – 2
Mauricio Ribeiro – Cocão – 2
Ronaldo Gomes – Rony – 2

Edgard “Vovô” Pereira com Yndiara Asp. Foto: Julio Detefon

Freestyle:

Alexandre Mendes de Andrade – Brownzinho – 6 votos
Luís Felipe Simas de Lima – Banana – 6
Guilherme Jansen Lacerda Das Mercês – Carioca – 4
Rogério Antigo – 4
Matheus Navarro Fernandes de Oliveira – 3
Paulo Rosin Citrangulo – Folha – 3
Sebastião Cesar de Carvalho Paiva – Cabeleira – 3
Celso Medeiros Barrientos – Chefe – 1

Como o Comitê de Freestyle teve três candidatos empatados em quinto lugar, haverá uma nova rodada de votação para a modalidade, de 11 a 14 de março, também pelo filiadocbsk.com.br.

Para esse novo período de votação, todos os candidatos iniciam com quantidade zerada de votos. Em caso de novo empate, a quinta vaga do Comitê será destinada ao candidato mais velho dentre os empatados.

A sistemática tem como base – análoga à eleição presidencial – o inciso 2º do artigo 13 do estatuto da CBSk.

Eleição:

Para ser eleito, o candidato precisava ter no mínimo 1 voto válido. Assim, mesmo caso algum Comitê tivesse 5 ou menos candidatos inscritos, estes não estavam automaticamente eleitos.

Além disso, era permitido ao candidato atribuir 1 voto a si mesmo – dentro do limite de 5 votos por eleitor.

Colégio eleitoral:

O colégio eleitoral foi composto por todos os skatistas profissionais reconhecidos pela CBSk e que realizaram cadastro completo – regularizado – no filiadocbsk.com.br até 3 de março.

Tanto para eleitores quanto para candidatos, o registro regularizado no portal dependia do envio de RG ou CNH e comprovante de residência digitalizados.

Obs.: quem se inscreveu no filiadocbsk.com.br entre 1º e 20 de outubro de 2020 – durante o processo eleitoral presidencial da CBSk – e teve cadastro aprovado, também foi considerado integrante do colégio eleitoral.

Solicitação de candidatura:

A solicitação de candidatura foi possível através do envio de e-mail para comunicacao@cbsk.com.br – assunto do e-mail: Eleição dos Comitês das modalidades – candidatura.

No corpo do e-mail, o skatista-candidato necessitava informar o nome completo e a modalidade em que obteve reconhecimento como profissional ou que compete como skatista profissional.

Só foram aceitas as candidaturas dos skatistas profissionais com cadastro regularizado no filiadocbsk.com.br.

Além disso, o skatista só pôde indicar candidatura para o Comitê de uma única modalidade.

Em quem era possível votar?

O skatista só pôde votar no Comitê da própria modalidade em que se profissionalizou ou que compete como skatista profissional, escolhendo até 5 candidatos.

Ao realizar login no filiadocbsk.com.br, o skatista profissional precisava atualizar em seu cadastro a modalidade de profissionalização ou de disputa. Essa indicação podia ser realizada no momento da votação, sendo permitido o vínculo a somente uma modalidade.

Vagas por Comitê:

Cada Comitê pode ser composto por até 5 skatistas profissionais – assim reconhecidos pela CBSk e cadastrados no filiadocbsk.com.br até 3 de março.

Representatividade feminina:

No total, 10 mulheres foram eleitas. Para garantir a representatividade feminina, pelo menos uma das 5 vagas de cada Comitê foi destinada à mulher mais votada na modalidade – exceção no caso das modalidades que não têm mulheres entre os skatistas profissionais (Freestyle e Slalom).

Mandato:

Em caráter excepcional e diferente do aplicado até então (mandatos de 24 meses), os eleitos terão um mandato de 12 meses (março de 2021 a fevereiro de 2022), com o objetivo maior de debater com a CBSk diretrizes do skate como esporte considerando as rápidas e constantes mudanças no âmbito esportivo (categorias, normas e regras etc.).

Qual o papel dos Comitês?:

Os Comitês das modalidades atuam juntamente com a diretoria da CBSk nas diretrizes da vertente esportiva do skate como órgão independente e consultivo.

A história da Confederação Brasileira de Skate. A versão digital está disponível para download gratuito no www.cbsk.com.br. Clique aqui para baixar > https://bit.ly/3oTRdPP

Reportagem: Rafael Miramoto – CBSk

Edição: Edson “Adrena” Andrade

Tenha lindas artes exclusivas
mag72